Mia Farrow leva mensagem de esperança das Nações Unidas a crianças na Guiné

A aclamada atriz Mia Farrow chega à Guiné nesta quarta (05) como Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). O objetivo é aumentar o financiamento para a saúde materna e infantil em um país onde os jovens estão entre os mais gravemente afetados pelas recentes turbulências políticas e econômicas.

Mia Farrow durante coletiva de imprensa, em 2008. Foto: UN/Paulo Filgueiras.A aclamada atriz Mia Farrow chega à Guiné nesta quarta (05) como Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). O objetivo é aumentar o financiamento para a saúde materna e infantil em um país onde os jovens estão entre os mais gravemente afetados pelas recentes turbulências políticas e econômicas.

“O ressurgimento de doenças mortais da infância e o aumento das estatísticas de abandono escolar precoce são avisos de uma tempestade”, declarou a Representante do UNICEF no país, Julien Harneis, antes da visita de cinco dias de Farrow. “O futuro para as crianças será ainda pior se não houver mais investimento e maiores esforços para responder às suas necessidades”.

Repetidas crises desde 2006 têm enfraquecido os serviços sociais básicos de Guiné, tornando as crianças ainda mais vulneráveis. As eleições presidenciais estão agendadas para 27 de junho deste ano, como parte de um esforço para restaurar a estabilidade. Na mais recente agitação política, forças militares tomaram o poder em um golpe em 2008, após a morte do Presidente Lansana Conté, e abriram fogo sobre manifestantes desarmados em um comício no ano passado, matando pelo menos 150 pessoas.

A missão levará a atriz à capital Conakry, bem como a Nzérékoré, Kissidougou e Koyoma, na região da Guiné Floresta. Farrow visitará uma série de serviços de saúde, como forma de destacar a necessidade de investimento contínuo em saúde materna e infantil. Ela também fornecerá novos kits de medicamento para o Ministério da Saúde local, em um esforço de garantir que os medicamentos essenciais estejam disponíveis em centros primários de saúde.

Farrow também se reunirá com grupos de jovens e lançará um projeto do Fundo de Consolidação da Paz das Nações Unidas, buscando incentivar os jovens a encontrar caminhos pacíficos para resolver conflitos e diminuir o risco da violência. “Muitas pessoas na Guiné sofreram com a violência na própria pele. Promoveremos também encontros com mulheres que sofreram violência sexual e doméstica”, declarou o UNICEF em comunicado à imprensa sobre a viagem, cujo foco também é a educação. Farrow vai verificar como a falta de investimento nos últimos anos levou à superlotação nas salas de aula e também presenciará algumas soluções disponíveis que garantem a aprendizagem ativa.


Comente

comentários