Mesa Redonda de Alto Nível sobre Segurança Alimentar e Nutritiva e Agricultura Sustentável: Mensagem do Secretário-Geral

Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para a Mesa Redonda de Alto Nível sobre Segurança Alimentar e Nutritiva e Agricultura Sustentável. Lida por Janos Pasztor, Secretário-Executivo do Secretário-Geral para o Painel de Alto Nível em Sustentabilidade Global.

“É um prazer enviar congratulações para essa Mesa Redonda de Alto Nível que ocorre a menos de 100 dias da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

Desenvolvimento sustentável é uma das cinco prioridades da minha Agenda de Ação para os próximos cinco anos, e segurança alimentar e nutritiva, além de agricultura sustentável, ganham destaque nesse plano.

Meu Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global também identificou isso como uma questão fundamental e pede por uma Revolução Verde no século 21 que aumente a produtividade, mas também reduza drasticamente a intensidade dos recursos e proteja a biodiversidade, ao mesmo tempo.

Cada lar precisa ter alimentos nutritivos e seguros. Mercados precisam ser abertos e justos. Mulheres e crianças precisam se alimentar melhor para evitar a desgraça oculta da desnutrição, que afeta cerca de 200 milhões de crianças. Além disso, as pessoas mais pobres precisam saber que eles podem contar com proteção social que não os deixem passar fome. Queremos que todos tenham direito a comida.

Para atingir esse objetivo, precisamos transforma a forma como abordamos segurança alimentar, em particular ao libertar o potencial de milhões de pequenos agricultores e produtores de alimentos, dos quais a maioria são mulheres.

Também encorajamos a produção de mais – e mais nutritivos – alimentos enquanto se protegem os recursos naturais e se reconhece o importante vínculo entre comida, água e energia. Além disso, os padrões de tempo estão se tornam cada vez mais imprevisíveis, a agricultura precisa se tornar mais resiliente e sustentável ao clima.

Precisamos acabar com o desperdício de alimentos ao longo da cadeia de valor, e precisamos refletir sobre os benefícios dos recursos naturais – e os possíveis custos em esgotá-los – quando calculamos o valor da comida. Apenas assim, será possível a governantes, agricultores, empresários e consumidores escolher as opções mais sustentáveis para segurança alimentar.

Para transformar a agricultura e sistemas de alimentação, todos os parceiros deveriam estar envolvidos na tomada de decisões, especialmente mulheres, pequenos agricultores e produtores de alimentos. Agricultura sustentável e segurança alimentar serão melhor alcançadas quando consumidores, produtores e o setor público e privado concordarem nos princípios e construírem parcerias.

O preço dos alimentos continua volátil e pessoas de todas as regiões seguem vulneráveis a choques financeiros e climáticos. O Sistema das Nações Unidas está comprometido em trabalhar para garantir o futuro sustentável em que a vulnerabilidade será reduzida e a segurança alimentar e nutritiva será garantida para todos.

Gostaria de desejar um encontro de sucesso e que a nossas discussões contribuam para um resultado de sucesso.”

Leia esta mensagem online clicando aqui.
Leia a mensagem original em inglês: http://www.un.org/sg/statements/index.asp?nid=5916