MEC anuncia parceria com a UNESCO para reconstruir Museu Nacional do Rio

O Ministério da Educação anunciou neste mês (13) uma parceria com a UNESCO no Brasil para reconstruir o Museu Nacional do Rio de Janeiro, atingido por um incêndio em setembro último. A cooperação entre a pasta e a agência da ONU vai apoiar a restauração do prédio, além de desenvolver um novo projeto curador e museográfico para a instituição.

Fachada do Museu Nacional do Rio de Janeiro, interditado após o incêndio do último domingo. Foto: Agência Brasil/Tânia Rêgo
Fachada do Museu Nacional do Rio de Janeiro, interditado após o incêndio do último domingo. Foto: Agência Brasil/Tânia Rêgo

O Ministério da Educação anunciou neste mês (13) uma parceria com a UNESCO no Brasil para reconstruir o Museu Nacional do Rio de Janeiro, atingido por um incêndio em setembro último. A cooperação entre a pasta e a agência da ONU vai apoiar a restauração do prédio, além de desenvolver um novo projeto curador e museográfico para a instituição.

Com implementação prevista para o biênio 2019-2020, a parceria das Nações Unidas com o governo federal foi apresentada na semana passada, no Rio de Janeiro, em reunião de balanço das ações emergenciais para recuperar o museu. Evento contou com a participação também de representantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

“A UNESCO sente-se feliz em poder contribuir com os esforços de reconstrução do Museu Nacional e seu acervo, pois quando se incendia um museu, perdemos parte da memória do país. Contribuir neste esforço nacional e internacional de reconstrução permitirá avançarmos juntos, para no menor prazo possível, devolver o museu à sociedade brasileira e ao mundo”, afirma a diretora e representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto.

A colaboração das instituições prevê a realização de pesquisas para planejamento estratégico, de comunicação, articulação social e capacitação. Os estudos vão orientar os fundamentos conceituais e técnicos para os projetos básico e executivo de reconstrução e restauração do Paço de São Cristóvão. Também serão feitas análises para elaborar uma nova concepção do museu.


Comente

comentários