Mais de 100 mil pessoas atravessaram Mar Mediterrâneo da Líbia para a Itália em 2017

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) informou no final de setembro que, desde o início de 2017, quase 100 mil refugiados e migrantes atravessaram o Mar Mediterrâneo da Líbia para a Itália. A maioria está fugindo da pobreza e dos conflitos na África Subsaariana, mas encontram na Líbia um ciclo interminável de abuso, violência e exploração.

“Tomar medidas para reduzir o número de refugiados e migrantes que chegam à Europa, sem ao mesmo tempo impulsionar a paz, o desenvolvimento e caminhos seguros é moralmente inaceitável”, disse o alto-comissário da ONU para refugiados, Filippo Grandi. “Não podemos nos dar ao luxo de ignorar os abusos que claramente estão ocorrendo simplesmente porque eles acontecem fora da nossa vista”, completou. Saiba mais clicando aqui e aqui.


Mais notícias de:

Comente

comentários