Mais de 100 adolescentes de 30 municípios baianos se reúnem para discutir melhorias para o semiárido

III Encontro Baiano A Voz dos Adolescentes do Semiárido acontece em Paulo Afonso (BA), de 13 a 15 de setembro. Jovens vão elaborar uma agenda de trabalho para ser executada até dezembro de 2014.

Cerca de 110 jovens, 40 educadores e 20 técnicos das áreas de assistência social, saúde e educação de 30 municípios do semiárido baiano estarão reunidos em Paulo Afonso (BA), entre os dias 13 e 15 de setembro, para o III Encontro Baiano A Voz dos Adolescentes do Semiárido.

Durante o encontro, os participantes vão identificar as necessidades específicas dos adolescentes e jovens que vivem no semiárido, estabelecer mecanismos de intercâmbio de experiências entre adolescentes e educadores, e discutir as políticas públicas infanto-juvenis, executadas pelos órgãos da administração pública nas esferas federal, estadual e municipal.

Ao final, os jovens vão elaborar uma agenda de trabalho para ser executada em cada município até dezembro de 2014. Com essa agenda, os jovens pretendem sensibilizar os gestores públicos para que priorizem ações que beneficiem crianças e adolescentes nos municípios do semiárido baiano.

A abertura será no Memorial da Chesf, dia 13, às 19h30, e as oficinas e palestras no Centro Educacional de Paulo Afonso (Cempa). O evento é promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pelo Comitê Gestor Estadual do Pacto Nacional Um mundo para a criança e o adolescente do Semiárido, coordenado pela Secretaria para Assuntos Internacionais e da Agenda Bahia (Serinter).

Saiba mais sobre este evento clicando aqui.