Mais de 10 milhões de pessoas vivem subnutridas na Coreia do Norte

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Programa Mundial de Alimentos afirmou nesta semana (9) que recebeu apenas 24% da verba necessária para dar assistência e comida aos habitantes da Coreia do Norte. Segundo o organismo das Nações Unidas, mais de 10 milhões de pessoas no país asiático estão subnutridas. Contingente representa quase 40% da população. Uma em cada cinco crianças norte-coreanas tem problemas de crescimento devido à desnutrição crônica.

Crianças em creche do condado de Sinwon, na Coreia do Norte. Foto: PMA/Silke Buhr

Crianças em creche do condado de Sinwon, na Coreia do Norte. Foto: PMA/Silke Buhr

O Programa Mundial de Alimentos afirmou nesta semana (9) que recebeu apenas 24% da verba necessária para dar assistência e comida aos habitantes da Coreia do Norte. Segundo o organismo das Nações Unidas, mais de 10 milhões de pessoas no país asiático estão subnutridas. Contingente representa quase 40% da população. Uma em cada cinco crianças norte-coreanas tem problemas de crescimento devido à desnutrição crônica.

“Não podemos esperar por progressos diplomáticos para aliviar o sofrimento de milhões de pessoas. Fundos são urgentemente necessários agora”, afirmou Herve Verhoosel, porta-voz do PMA, em referência às negociações do país com seu vizinho do sul e com os Estados Unidos.

A agência da ONU precisa de 15,2 milhões de dólares ao longo dos próximos cinco meses. Caso não receba o montante, o PMA terá de fazer cortes em projetos que ajudam a alimentar por mês cerca de 650 mil mulheres e crianças.

“Qualquer doação que recebamos hoje levará pelo menos seis meses para alcançar as pessoas que precisam, devido ao tempo que leva para comprar e transportar a comida”, completou Verhoosel.

De acordo com o PMA, o rombo orçamentário de mais de 70% ameaça prejudicar os ganhos dos últimos quatro anos para a nutrição e a saúde de mães e seus filhos. A escassez de recursos já provocou a suspensão de operações para construir resiliência entre comunidades vulneráveis e afetadas por desastres. Secas e enchentes na Coreia do Norte afetam a produção agrícola e os meios de subsistência da população.


Mais notícias de:

Comente

comentários