Locais naturais protegidos a um clique de distância

Planejar suas próximas férias ecológicas acaba de se tornar muito mais fácil. Os 150 mil locais de conservação mundiais mais famosos e menos conhecidos estão a um clique de distância, graças a um novo website, apoiado pelas Nações Unidas, lançado nesta terça-feira (19).

Turismo ecológico. Foto: ONU.Planejar suas próximas férias ecológicas acaba de se tornar muito mais fácil. Os 150 mil locais de conservação mundiais mais famosos e menos conhecidos estão a um clique de distância, graças a um novo website, apoiado pelas Nações Unidas, lançado nesta terça-feira (19). Através das imagens de satélite mais recentes, os usuários podem localizar áreas protegidas, como parques nacionais ou reservas marinhas, desde os impressionantes fiordes da Noruega até os únicos vulcões ativos da Austrália, além de poder ampliar as imagens para obter informações sobre espécies ameaçadas de extinção, plantas nativas ou tipos de terreno no ProtectedPlanet.net.

Criado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (PNUMA) e a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), o site fornece informações aprofundadas tanto quanto os locais principais quanto sobre os mais desconhecidos do mundo da conservação, permitindo que visitantes enviem fotos de suas viagens às áreas protegidas, escrevam diários de viagem para a Wikipedia e recomendem locais de interesse nas proximidades, dados que podem ser compartilhados através de sites de redes sociais como Facebook, Twitter e Flickr. Isto, por sua vez, pode inspirar outros a fazer a viagem, trazendo mais renda para comunidades em áreas frequentemente pobres e, por vezes, remotas do globo. A indústria do ecoturismo está crescendo rapidamente e, atualmente, capta 77 bilhões do mercado turístico global.

Enquanto a preocupação com o aquecimento global aumenta, mais turistas do que nunca estão optando por férias eco-amigáveis, incluindo visitas a áreas protegidas. Segundo a revista Travel Weekly, o turismo sustentável pode chegar a 25% do mercado mundial de viagens em 2012, levando o valor do setor para cerca de 473 bilhões de dólares por ano. Ao lado de nomes conhecidos como o Serengeti, na Tanzânia, ou o Parque Nacional Yellowstone, nos Estados Unidos, existem milhares de locais menos conhecidos que atraem menos visitantes. O Parque Nacional Monte Cristi, na República Dominicana, por exemplo, é descrito por sites de viagens como fora do radar de turistas. No entanto, uma análise rápida sobre o local revela diversos habitats de manguezais e praias com abundância de aves, incluindo colhereiros cor de rosa, pelicanos e fragatas magníficas, uma espécie conhecida pela sua garganta bolsa escarlate que infla como um balão durante o acasalamento.