Lionel Messi e UNICEF se unem em campanha para diminuir mortalidade infantil

Embora a mortalidade infantil tenha caído drasticamente nas últimas décadas, atualmente 18 mil crianças menores de 5 anos ainda morrem diariamente por razões que podem ser evitadas.

Messi e seu filho, Thiago. Foto: reprodução

O embaixador da boa vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o argentino Lionel Messi, convidou amigos e fãs na última segunda-feira (28) para comemorar o aniversário de um ano de seu filho Thiago, no próximo sábado (2).

“Em novembro do ano passado, eu recebi o melhor presente do mundo: o nascimento do Thiago. Para o seu primeiro aniversário, vamos colaborar para que eu consiga ajudar todos os meninos e meninas para que eles também tenham as mesmas oportunidades de viver, crescer e se desenvolver”, disse o jogador de futebol em sua convocação para a campanha.

O UNICEF criou um aplicativo online chamado “Leo Messi e Thiago comemoram a vida”, que estará disponível até o dia 4 de novembro. O objetivo da campanha é aumentar a consciência sobre a importância de dar a todas as crianças oportunidades iguais de sobreviver.

Embora a mortalidade infantil tenha caído drasticamente nas últimas décadas, passando de 12 milhões em 1990 para 6,6 milhões em 2012, atualmente 18 mil crianças menores de 5 anos ainda morrem diariamente por razões que podem ser evitadas.

Para obter informações sobre a iniciativa, basta visitar o site www.unicef.org/messithiago

Quem compartilhar o link com o maior número de amigos possível vai ganhar um par de chuteiras usadas e autografadas pelo próprio Messi, além de uma camisa assinada.