Líbano: ONU condena atentado terrorista em subúrbio de Beirute

Enviado da Organização ao país pediu união dos libaneses para enfrentar o difícil período de instabilidade pelo qual o Líbano está passando.

Entrada de refugiados sírios tem aumentado a instabilidade no Líbano. Foto: ACNUR/M. Hofer

Entrada de refugiados sírios tem aumentado a instabilidade no Líbano. Foto: ACNUR/M. Hofer

O enviado das Nações Unidas para o Líbano, Derek Plumbly, condenou veementemente uma explosão que matou e feriu várias pessoas nesta terça-feira (21) em um subúrbio da capital, Beirute.

Este é o segundo carro-bomba que atinge o subúrbio de Haret Hreik este mês. Plumbly pediu que todos os culpados sejam punidos e que os libaneses se unam neste momento difícil pelo qual o país está passando.

Ele também afirmou que o exército e as forças de segurança devem reforçar a estabilidade do país.