Leia perguntas e respostas sobre a revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID)

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID) fornece uma linguagem comum para registro e monitoramento de doenças. Isso permite que profissionais de todo o mundo comparem e compartilhem dados de forma consistente e padronizada — entre hospitais, regiões e países, bem como por períodos de tempo. Essa ferramenta facilita a coleta e armazenamento de dados para análise e tomada de decisões baseadas em evidências.

A CID foi traduzida para 43 idiomas e é utilizada por todos os Estados-membros da Organização Mundial da Saúde (OMS). A maioria dos países (117) usa o sistema para registrar dados sobre mortalidade, um indicador básico de saúde.

Entre os usuários da CID, estão profissionais de saúde, pesquisadores, gestores e codificadores de informações em saúde. Foto: Ministério da Saúde/Creative Commons

Entre os usuários da CID, estão profissionais de saúde, pesquisadores, gestores e codificadores de informações em saúde. Foto: Ministério da Saúde/Creative Commons

A Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID) fornece uma linguagem comum para registro e monitoramento de doenças.

Isso permite que profissionais de todo o mundo comparem e compartilhem dados de forma consistente e padronizada — entre hospitais, regiões e países, bem como por períodos de tempo. Essa ferramenta facilita a coleta e armazenamento de dados para análise e tomada de decisões baseadas em evidências.

Atualmente, está em vigor a CID-10, que foi aprovada em maio de 1990 pela 43ª Assembleia Mundial da Saúde. A 11ª revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-11) está prevista para este ano.

Quem utiliza a CID?

Entre os usuários, estão profissionais de saúde, pesquisadores, gestores e codificadores de informações em saúde, trabalhadores de tecnologia da informação em saúde, tomadores de decisão, políticos, seguradoras e organizações de pacientes.

A CID foi traduzida para 43 idiomas e é utilizada por todos os Estados-membros da Organização Mundial da Saúde (OMS). A maioria dos países (117) usa o sistema para registrar dados sobre mortalidade, um indicador básico de saúde.

Espera-se que todos os Estados-membros usem a versão mais recente da CID para registrar estatísticas sobre mortes e doenças (de acordo com o Regulamento de Nomenclatura da OMS, adotado pela Assembleia Mundial da Saúde em 1967).

Por que a CID está sendo revisada?

A CID está sendo revisada para refletir melhor o progresso nas ciências da saúde e na prática médica. Em linha com os avanços em tecnologia da informação, a CID-11 será utilizada com ferramentas eletrônicas de saúde e sistemas de informação.

Quais são as características dessa revisão?

O processo de revisão da CID permite uma edição colaborativa online, aberta a todas as partes interessadas. Para garantir a qualidade, será revisada por pares a fim de se assegurar a precisão e relevância.

A CID-11 estará disponível em vários idiomas. Definições, sinais, sintomas e outros conteúdos relacionados a doenças serão definidos de forma estruturada, para que possam ser registrados com mais precisão.

A CID-11 será compatível com ferramentas eletrônicas de saúde e sistemas de informação. Poderá ser baixada gratuitamente, em caso de uso pessoal (na forma impressa, será cobrada uma taxa).

Como posso participar da revisão da CID?

Especialistas e stakeholders (partes interessadas) são convidados a participar da revisão da CID, fazendo comentários ou propostas sobre suas unidades por meio da plataforma online CID-11, tornando-se revisores nomeados, participando de testes de campo ou contribuindo para traduções de idiomas.

As contribuições estruturadas que serão fornecidas pelos participantes serão revisadas por especialistas na área. A OMS recebe a participação ativa de pesquisadores, gestores de informações de saúde, prestadores de cuidados de saúde e outros interessados na classificação.

Como posso contribuir?

Para começar, registre-se para uma conta de participante na plataforma online CID-11. A ferramenta está aberta para comentários e as alterações aceitas serão indicadas imediatamente.

Após criar uma conta, você poderá fazer comentários sobre a estrutura da classificação, conteúdo e sua implementação; propor mudanças nas categorias da CID; propor definições de doenças; participar de testes de campo; contribuir para as traduções.

As instruções sobre como participar do processo de revisão estão disponíveis na plataforma online.

Por que a minha contribuição é importante?

Diversas perspectivas de saúde e conhecimento de todas as partes do mundo construirão uma melhor classificação com base nas necessidades dos usuários. A contribuição de várias partes aumentará a consistência, comparabilidade e utilidade da CID.

Esse processo compartilhado levará a um consenso global sobre como as doenças e os problemas relacionados à saúde são definidos e registrados. Esta é uma chance de fazer parte da colaboração internacional que levará a uma coleta de informações em saúde mais consistente e sistemática.

Quem revisará minha contribuição?

O conteúdo será revisado por especialistas dos grupos de direção de revisão e grupos consultores de tópicos. Ambos aconselham a OMS em todas as etapas do processo.


Mais notícias de:

Comente

comentários