Jovens de 16 países apresentam projetos para ajudar nações a alcançar objetivos globais

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Jovens de 16 países das Américas foram selecionados para participar da terceira edição do Concausa, uma iniciativa organizada pela Fundação América Solidária, pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e pelo escritório regional do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

O evento busca identificar e difundir propostas que apontem para o fim da pobreza na região com vistas ao cumprimento da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Dezessete projetos sobre desenvolvimento sustentável e superação da pobreza infantil foram selecionados para a terceira edição da iniciativa organizada por América Solidária, CEPAL e UNICEF. Foto: CEPAL

Dezessete projetos sobre desenvolvimento sustentável e superação da pobreza infantil foram selecionados para a terceira edição da iniciativa organizada por América Solidária, CEPAL e UNICEF. Foto: CEPAL

Jovens de 16 países das Américas foram selecionados para participar da terceira edição do Concausa, uma iniciativa organizada pela Fundação América Solidária, pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e pelo escritório regional do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

O evento busca identificar e difundir propostas que apontem para o fim da pobreza na região com vistas ao cumprimento da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Mais de 700 projetos de jovens entre 15 e 17 anos se inscreveram na nova edição da iniciativa, número duas vezes maior ao registrado na edição anterior, realizada em 2017.

Do total de inscritos, um júri selecionou 17 projetos originários de Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

“A participação e a apropriação da Agenda 2030 por parte dos jovens é um meio e um fim em si mesmo”, afirmou a secretária-executiva da CEPAL, Alicia Bárcena.

Ela lembrou que “as vozes, ações e soluções dos jovens, assim como seu alcance e vontade de influenciar a tomada de decisões, são essenciais para conquistar o desenvolvimento sustentável no longo prazo”.

Os 17 grupos selecionados viajarão a Santiago do Chile para participar de um encontro de formação que ocorrerá em novembro.

O encontro será encerrado com uma cerimônia na sede regional da CEPAL, localizada na capital chilena, onde os jovens poderão apresentar seus projetos.

Mais informações sobre a iniciativa podem ser obtidas em: http://www.concausa2030.com/


Mais notícias de:

Comente

comentários