Jovem brasileiro participa de reunião do Conselho do UNICEF em Nova Iorque

Pela primeira vez na história do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), dois adolescentes participam como delegados da reunião do Conselho Executivo da organização – que está sendo realizada de 11 a 13 de setembro, na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque.

O brasileiro Felipe Caetano, de 17 anos, é um desses dois adolescentes. Ele falou na abertura da sessão, na quarta-feira (11), ao lado da norte-americana Alexandria Villaseñor, de 14 anos; do presidente do Conselho, Omar Hilale; e da diretora-executiva do UNICEF, Henrietta Fore.

“Eu não sou apenas Felipe, sou as 152 milhões de crianças do mundo que estão em trabalho infantil”, discursou o adolescente na ONU. Natural de Aquiraz (CE), Felipe começou a trabalhar aos 8 anos para ajudar a sustentar sua família.

Ao ingressar em 2014 no Núcleo de Cidadania dos Adolescentes, organizado pelo UNICEF em seu município, começou a conhecer seus direitos e seu papel como cidadão. Ele parou de trabalhar e passou a defender os direitos de outros meninos e meninas.

Felipe Caetano discursa na abertura da sessão do Conselho Executivo do UNICEF, ao lado da diretora-executiva da organização, Henrietta Fore, e da adolescente norte-americana Alexandria Villaseñor. Foto: UNICEF

Felipe Caetano discursa na abertura da sessão do Conselho Executivo do UNICEF, ao lado da diretora-executiva da organização, Henrietta Fore, e da adolescente norte-americana Alexandria Villaseñor. Foto: UNICEF

Pela primeira vez na história do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), dois adolescentes participam como delegados na reunião do Conselho Executivo da organização – que está sendo realizada de 11 a 13 de setembro, na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque.

O brasileiro Felipe Caetano, de 17 anos, é um desses dois adolescentes. Ele falou na abertura da sessão, na quarta-feira (11), ao lado da norte-americana Alexandria Villaseñor, de 14 anos; do presidente do Conselho, Omar Hilale; e da diretora-executiva do UNICEF, Henrietta Fore.

“Eu não sou apenas Felipe, sou as 152 milhões de crianças do mundo que estão em trabalho infantil”, discursou o adolescente na ONU. Felipe Caetano, natural de Aquiraz (CE), começou a trabalhar aos 8 anos para ajudar a sustentar sua família. Ao ingressar em 2014 no Núcleo de Cidadania dos Adolescentes, organizado pelo UNICEF em seu município, começou a conhecer seus direitos e seu papel como cidadão. O adolescente parou de trabalhar e passou a defender os direitos de outros meninos e meninas.

Felipe está terminando o ensino médio e sonha em ingressar no Ministério Público do Trabalho (MPT) para continuar combatendo o trabalho infantil. “Só a educação e a participação cidadã de crianças e adolescentes serão capazes de mudar o mundo”, disse Felipe, ao final de seu discurso histórico.

Conheça a história de Felipe Caetano

Sobre o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes

Como parte da metodologia do Selo UNICEF, propõe-se que os municípios mobilizem, organizem e criem espaços e/ou instâncias de participação de adolescentes. A ação central dessa iniciativa é a criação de pelo menos um núcleo de cidadania de adolescentes em cada município participante.

O núcleo é um grupo composto por pelo menos 16 adolescentes (oito meninas e oito meninos) de 12 a 17 anos de idade, que se organizam em rede, discutem questões importantes para seu desenvolvimento, implementam ações e levam suas reivindicações à gestão pública municipal. Não há limite máximo de adolescentes engajados(as) na iniciativa.

Sobre o Selo UNICEF

O Selo UNICEF é uma iniciativa que visa estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. Saiba mais em www.selounicef.org.br

Sobre o Conselho Executivo do UNICEF

O Conselho Executivo analisa as atividades do UNICEF e aprova suas políticas, programas e orçamento. É composto por 36 membros, representando os cinco grupos regionais de Estados Membros nas Nações Unidas. O Conselho Executivo se reúne três vezes a cada ano e as sessões do Conselho Executivo são realizadas na sede das Nações Unidas em Nova Iorque.