Jogo Contra a Pobreza amplia participação do público

Objetivo é superar os recordes de arrecadação. Em nove partidas, Ronaldo e Zidane mobilizaram 4 milhões de dólares. Montante foi destinado a projetos na África, América Latina e Ásia.

A 10ª edição do Jogo Contra a Pobreza – que acontece dia 19 de dezembro em Porto Alegre (RS) – vai contar com uma iniciativa inédita para ampliar a participação do público: uma conta no Banco do Brasil para receber doações daqueles que não puderam contribuir com a compra de ingressos para a partida.

O objetivo é superar os recordes de arrecadação das edições anteriores – realizadas, em sua maioria, na Europa.

Os recursos depositados nesta conta serão gerenciados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e destinados a projetos voltados para a redução da pobreza e inclusão social, escolhidos pelos Embaixadores da Boa Vontade do PNUD Ronaldo Nazário e Zinédine Zidane, organizadores do Jogo Contra a Pobreza desde a primeira edição.

Até 2011, os recursos arrecadados pelo Jogo Contra a Pobreza vinham somente da renda obtida com venda de ingressos, direitos de transmissão e cotas de patrocinadores. “Acreditamos que este modelo, adotado pela primeira vez no Brasil, possa ampliar nossas possibilidades de atuação aumentando também o alcance dos projetos junto às pessoas que mais necessitam”, explica Arnaud Peral, representante residente adjunto do PNUD Brasil.

Com as nove edições, Ronaldo e Zidane conseguiram mobilizar cerca de 4 milhões de dólares, montante que foi destinado a projetos na África, América Latina e Ásia. “Os brasileiros são muito solidários por natureza e esperamos que muitos dos que não puderam estar presentes ao lado das grandes estrelas do futebol possam se sensibilizar com a causa e fazer suas contribuições”, diz Peral.

Além da participação com doações, o público poderá contribuir para a mobilização global nas mídias sociais, promovendo a hashtag #PovertyMatch (da união das palavras “pobreza” e “jogo” na tradução literal do inglês).

“O Jogo acontece no Brasil, mas esta é uma iniciativa mundial. Vários países em praticamente todos os continentes assistirão ao jogo”, explica Daniel de Castro, coordenador de comunicação do PNUD no país. “Queremos com isso mostrar que os brasileiros podem contribuir para o debate global sobre estas causas, transformando a hashtag #PovertyMatch em um ‘trending topic’ no Twitter, por exemplo”, diz.

O Jogo Contra a Pobreza acontece em Porto Alegre, dia 19 de dezembro, às 21h de Brasília, na nova Arena do Grêmio. Os ingressos estão praticamente esgotados. No Brasil, o jogo será transmitido pelo SportTV.

Junte-se ao PNUD e aos Embaixadores Ronaldo e Zidane na luta contra a pobreza. Use #PovertyMatch e @PNUD em seus tweets. Faça sua doação!

Detalhes em http://www.pnud.org.br/Tags.aspx?tag=jogo-contra-a-pobreza

Saiba como comprar em http://www.livepass.com.br/jogo-contra-a-pobreza/