Itaipu se une a iniciativa para promover objetivos da ONU no Brasil

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Para apoiar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS), a Itaipu Binacional aderiu na terça-feira (8) ao Movimento Nacional ODS – Nós Podemos. Parceria prevê que a empresa amplie esforços em prol da Agenda 2030 da ONU. Atualmente, uma parceria da companhia com o PNUD já beneficia 54 municípios do oeste do Paraná.

Empresa trabalhará na promoção e divulgação dos ODS, com foco em ações de monitoramento e avaliação. Foto: Governo do Paraná

Empresa trabalhará na promoção e divulgação dos ODS, com foco em ações de monitoramento e avaliação. Foto: Governo do Paraná

Para apoiar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS), a Itaipu Binacional aderiu na terça-feira (8) ao Movimento Nacional ODS – Nós Podemos. O termo de adesão foi assinado em cerimônia no Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná, em Curitiba, com a participação do governador do estado Beto Richa. Parceria prevê que a empresa amplie projetos voltados para o marco global da ONU.

A associação ao Movimento tem por objetivo ampliar a participação da usina nos esforços em prol da Agenda 2030. Atualmente, a Itaipu Binacional — por meio de um acordo de cooperação técnica com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) — atua no fortalecimento de iniciativas para os ODS em 54 municípios do oeste do Paraná.

A parceria entre as instituições também promove atividades de monitoramento e avaliação de políticas públicas, com a elaboração de diagnósticos, estudos e levantamentos com base em indicadores municipais.

“Estamos trabalhando na recuperação de rios, na diminuição da quantidade de resíduos, por meio de programas como o Lixão Zero, e no aumento de áreas de Mata Atlântica. A Itaipu se soma às ações que o Paraná faz para cumprir os ODS”, afirmou o chefe do Executivo estadual, Beto Richa.

A integração ao Movimento Nacional ODS — Nós Podemos prevê que a empresa cumpra nove compromissos até 2030: contribuição para os objetivos; mobilização e articulação com o poder público, sociedade civil e setor privado; implementação de procedimentos internos; adaptação de indicadores; realização de estudos e pesquisas; criação de projetos; reforçar ações de integração; divulgação dos ODS e apoio ao Movimento .

“Após 2014, quando Itaipu teve a sua missão alterada, passou também a trabalhar incorporando os ODS, principalmente na questão do desenvolvimento econômico sustentável”, lembrou Luiz Fernando Vianna.

Para o diretor de país do PNUD, Didier Trebucq, “a adesão de Itaipu ao Movimento Nacional ODS – Nós Podemos é essencial para potencializarmos a Agenda 2030, pois a empresa é referência na geração de energia limpa e renovável”. “O PNUD atua com a Itaipu na municipalização dos ODS no oeste do Paraná. E o Movimento é fundamental nesse processo. O termo de adesão mostra que estamos no caminho certo até 2030”, acrescentou.

Conheça o Movimento

Fundado em 2004, o Movimento Nacional ODS — Nós Podemos tem caráter apartidário, ecumênico e plural. A iniciativa é resultado da articulação de diferentes setores da sociedade brasileira para promover a melhoria das condições de vida da população, com vistas ao desenvolvimento sustentável. O movimento reúne diversos parceiros – empresas, governos, organizações não governamentais, instituições de ensino, associações e voluntários.


Mais notícias de:

Comente

comentários