Iniciativa global financia projetos de impacto social criados por adolescentes e jovens

O Chama Na Solução é uma iniciativa global criada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e implementado no Brasil com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para fomentar projetos de impacto social criados por adolescentes e jovens.

Nesta edição, podem se inscrever equipes interessadas em trabalhar com os seguintes temas: educação, empregabilidade e engajamento cidadão. As inscrições vão até 19 de janeiro.

O Chama Na Solução é uma iniciativa global criada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e implementado no Brasil por Viração Educomunicação, com apoio de Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Plan International e Escoteiros do Brasil, que fomenta projetos de impacto social criados por adolescentes e jovens.

Nesta edição, podem se inscrever equipes interessadas em trabalhar com os seguintes temas: educação, empregabilidade e engajamento cidadão.

O processo consiste em uma formação presencial de 21h sobre empreendedorismo social e design centrado no usuário oferecida para 10 equipes. A formação presencial acontecerá de 12 a 14 de fevereiro, em São Paulo (SP), culminando na concessão de um capital-semente de 4 mil reais para cinco delas.

Após este período, será oferecida mentoria continuada aos participantes, com atividades formativas e reuniões à distância, apoiando a implementação das iniciativas criadas durante a formação. Ao final do processo, existe a possibilidade de participação na etapa de seleção global, na qual as iniciativas serão analisadas por uma equipe de especialistas de diversas partes do mundo para concorrer a um investimento de até 20 mil dólares.

Chama Na Solução é o nome dado aqui no Brasil para o Youth Challenge. Em 2019, a edição-piloto do projeto aconteceu em 16 países, incluindo o Brasil. Na primeira edição, cinco equipes brasileiras foram selecionadas para receber capital-semente e duas equipes brasileiras foram finalistas globais . Em 2020, adolescentes e jovens de outros 39 países se unem à iniciativa.

Em paralelo, na cidade do Rio de Janeiro, já está acontecendo o Chama na Solução Rio de Janeiro, com a participação de 100 adolescentes, que também poderão se inscrever para esta edição nacional.

Quem pode se inscrever?

As inscrições podem ser feitas por equipes de 3 a 5 adolescentes e/ou jovens residentes nas regiões metropolitanas das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba.

Os participantes precisam ter entre 14 e 24 anos e estar interessados em resolver problemas que sintam na pele e que tenham relação com os temas desta edição (educação, empregabilidade e engajamento cidadão).

Equipes de Escoteiros residentes em qualquer município brasileiro no qual a organização tenha um Núcleo também podem se inscrever.

Não serão aceitas inscrições de equipes formalmente estabelecidas, com iniciativas já em fase de implementação. O projeto prioriza a seleção de equipes que tenham clareza em relação a um problema que gostariam de ajudar a resolver, mas para o qual ainda não começaram a desenvolver uma potencial solução.

Como se inscrever?

A inscrição pode ser feita pelo link: http://bit.do/chama2020. As inscrições vão só até dia 19 de janeiro.

Há algum custo para o participante?

Não, em nenhum caso. As inscrições são gratuitas. Durante o projeto, todos os adolescentes e jovens selecionados têm o transporte urbano e a alimentação (almoço e lanche) custeados pelo projeto nos dias da oficina presencial, que acontecerá de 12 a 14 de fevereiro em São Paulo (SP).

O transporte intermunicipal ou interestadual (terrestre ou aéreo), a hospedagem e a alimentação (café, almoço, lanche e jantar) de adolescentes e jovens oriundos de fora da Grande São Paulo também corre por conta do projeto, não havendo qualquer custo para os selecionados.