Indústrias do Paraná recebem oficina do Pacto Global

Participaram a Usina Santa Terezinha, Engeblock, Ferrari Zagatto, FA Colchões, Unimed Maringá, Sicredi, Maringá Park Fundacim, Associação de Produtores de Açúcar e Álcool e o Conselho Econômico Municipal.

O que é o Pacto Global das Nações Unidas e quais as principais ferramentas de transparência sobre as ações de sustentabilidade das empresas signatárias? Esses foram os temas de oficina promovida em 1º. de abril em Maringá (PR) pela Rede Brasileira do Pacto Global e o Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial de Maringá, vinculado à Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP).

A assistente da Secretaria da Rede Brasileira do Pacto Global, Gabriela Eiras de Almeida, detalhou aos participantes – signatários e não signatários – o passo a passo para preenchimento da Comunicação de Progresso (COP), que deve ser enviada um ano após a adesão das empresas na iniciativa.

“A preocupação dessas empresas em relação ao envio do relatório anual demonstra a seriedade delas em publicar corretamente suas ações e realmente implementar os 10 princípios do Pacto Global”, conta Gabriela.

A analista sênior do Sesi PR, Grace Chiara Schmidt, também participou da oficina, destacando as oportunidades de engajamento das empresas signatárias nos Grupos Temáticos do Pacto Global: Anticorrupção, Educação, Erradicação da Pobreza e Economia Inclusiva, Energia e Clima, Produção e Consumo Sustentáveis, Finanças Sustentáveis, Água e Saneamento, Direitos Humanos e Trabalho, Saúde e Agricultura Sustentável.

Estiveram presentes representantes da Usina Santa Terezinha, Engeblock, Ferrari Zagatto, FA Colchões, Unimed Maringá, Sicredi, Maringá Park e Fundacim, além dos parceiros Associação de Produtores de Açúcar e Álcool do Estado e Conselho Desenvolvimento Econômico Municipal.

(Com informações da FIEP)