Iêmen recebe apoio para combater surto de difteria que infectou quase 200 pessoas

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Foco do auxílio da OMS é tratar e prevenir a doença altamente infecciosa; UNICEF transportou 1,9 milhão de doses de vacinas para imunizar crianças.

Entrega de kits básicos de saúde no Iêmen. Foto: UNICEF/Madhok

Entrega de kits básicos de saúde no Iêmen. Foto: UNICEF/Madhok

Agências das Nações Unidas ajudam o Iêmen a combater um surto de difteria que, em apenas dois meses, provocou 20 mortes e infectou pelo menos 194 pessoas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) enviou suprimentos para tratar e prevenir a doença respiratória altamente infecciosa. Os meios de auxílio incluem mais de 750 kits básicos de saúde para cobrir as necessidades de 750 mil pessoas em três meses.

O combate ao surto de difteria também envolve o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que já transportou vacinas para imunizar crianças contra a doença. No final de novembro, a agência enviou 1,9 milhão de doses de vacinas contra a difteria e uma campanha de imunização contra tosse, tuberculose, pneumonia e meningite. Cerca de 600 mil crianças serão envolvidas na iniciativa que decorre em todo o país.

A vacinação contra a difteria é essencial e é recomendado um teste rápido para casos suspeitos em viajantes com origem em áreas afetadas.

No Iêmen, a maioria dos pacientes é das cidades de Sanaa, al-Sadah e Yarim, onde estão sendo investigados os casos, com a coleta e análise de amostras.

(Da ONU News em Nova Iorque)


Mais notícias de:

Comente

comentários