Guatemala: ONU e parceiros solicitam apoio a vítimas de tempestade tropical

As agências de assistência das Nações Unidas e seus parceiros na Guatemala solicitaram nesta sexta-feira (11) cerca de 14 milhões de dólares para ajudar os sobreviventes da tempestate tropical Agatha, que provocou as chuvas mais pesadas na região em quase 60 anos.

As agências de assistência das Nações Unidas e seus parceiros na Guatemala solicitaram nesta sexta-feira (11) cerca de 14 milhões de dólares para ajudar os sobreviventes da primeira tempestade tropical da temporada de furacões do Pacífico, que chegou ao país no dia 29 de maio. A tormenta provocou as chuvas mais pesadas no na região em quase 60 anos.

Segundo relatório do Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA, na sigla em inglês), a tempestade Agatha, como ficou conhecida, matou pelo menos 200 pessoas e feriu outras centenas. Muitas pessoas estão desaparecidas e quase 100 mil estão vivendo em abrigos.

A situação já estava preocupante por conta da erupção do vulcão Pacaya, no dia 27 de maio, que obstruiu os esgotos e fez o sistema de drenagem entrar em colapso. Com a chegada da tempestade, o governo da Guatemala declarou estado de calamidade nacional e pediu ajuda internacional no dia primeiro de junho.

O OCHA afirmou que a solicitação seria usada para fornecer o equivalente a 6 meses de alimentos, serviços de saúde e abastecimento, dentre outros. A ajuda financeira está em processo de liberação pelo Fundo Central de Resposta a Emergências (CERF, na sigla em inglês), que recolhe contribuições de governos, empresas privadas, fundações e indivíduos para prestação de assistência rápida às vítimas de desastres naturais e conflitos armados.


Comente

comentários