Guatemala: mais de 650 mil jovens vivem em áreas afetadas por vulcão

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Número é do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que está com equipes na Guatemala para ajudar a população em meio à crise causada pelas erupções do Vulcão de Fogo. Brasileiros podem fazer doações para a agência da ONU e apoiar seus esforços humanitários.

UNICEF recolhe doações para apoiar criança, adolescentes e suas famílias em crise na Guatemala causada pelo Vulcão de Fogo. Imagem: UNICEF

UNICEF recolhe doações para apoiar criança, adolescentes e suas famílias em crise na Guatemala causada pelo Vulcão de Fogo. Imagem: UNICEF

Na Guatemala, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e parceiros estão dando assistência aos mais de 650 mil crianças e adolescentes que vivem em áreas afetadas pelas erupções do Vulcão de Fogo. De acordo com a agência da ONU, mais de 12 mil pessoas já foram evacuadas até agora. Cerca de 3,7 mil indivíduos, incluindo centenas de menores de idade, foram levados para abrigos de emergência.

“Durante emergências como esta, as crianças podem perder o acesso a alimentação e nutrição adequadas, cuidados de saúde, proteção, água potável e saneamento”, explicou o representante do organismo internacional na Guatemala, Carlos Carrera.

“É imperativo garantir que as crianças afetadas, incluindo as que agora vivem em abrigos, permaneçam saudáveis e protegidas de doenças e violência.”

Com o governo e instituições parceiras, as equipes do UNICEF conduziram uma avaliação sobre a conjuntura no país para determinar as necessidades urgentes das crianças, dos adolescentes e suas famílias. As ações que estão ou serão desenvolvidas para responder à crise incluem:

  • Fornecer apoio psicossocial às crianças e aos adolescentes afetados e suas famílias;
  • Apoiar o reagrupamento familiar para meninas e meninos separados;
  • Garantir a proteção das crianças e dos adolescentes nos abrigos;
  • Fornecer água, higiene e saneamento adequados;
  • Estabelecer espaços acolhedores para crianças;
  • Apoiar uma nutrição adequada para as crianças, enfatizando os benefícios da amamentação para os bebês;
  • Garantir a educação e o retorno à escola o mais rápido possível.

Brasileiros também podem ajudar o UNICEF em suas inciativas. Para fazer uma doação, clique aqui.


Mais notícias de:

Comente

comentários