Gigantes das teles da China e dos EUA lideraram registros de patentes em 2014, diz ONU

Os dois países representaram juntos 87% de todas as 215 mil solicitações recebidas pela OMPI no último ano, o que significou um aumento de 4,5% em relação a 2013.

Gráfico: OMPI

Gráfico: OMPI

Três gigantes de telecomunicações da China e dos Estados Unidos lideraram os pedidos de patentes internacionais em 2014. Esse foi o quinto ano consecutivo de recorde de solicitações, informou a ONU na última quinta-feira (19).

De acordo com relatório anual da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), a chinesa Huawei Technologies tirou a liderança de pedidos de patente da japonesa Panasonic, com 3.442 requerimentos. O segundo e terceiro lugares ficaram com a americana Qualcomn e a ZTE, também da China, respectivamente. China e EUA representam juntos 87% dos 215 mil pedidos de patente do último ano, um aumento de 4,5% em relação a 2013.

Os EUA foi o país que mais lançou registros, 6,5 mil, um crescimento de 7%, seguido pelo Japão com cerca de 42,5 mil registros, uma queda de 3% comparando com 2013. Quem teve o maior crescimento foram os chineses com 25,5 mil pedidos, aumento de 18% em relação ao ano anterior.

“O rápido crescimento de registro de patentes destaca a importância crescente da propriedade intelectual, à medida que ela se move da periferia para o centro do sistema econômico global”, declarou Francis Gurry, diretor-geral da OMPI.

De acordo com a agência da ONU, o setor de informática foi o que mais solicitou registro de patentes – com um crescimento de quase 20% em relação ao ano anterior –, seguido pelas telecomunicações digitais. Detalhes, clique aqui.