Fundo de População da ONU inaugura tenda em Boa Vista para atender venezuelanos em situação de rua

Tenda do UNFPA na rodoviária atua como espaço seguro para receber refugiados e migrantes venezuelanos em situação de rua. Foto: UNFPA

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) abriu na sexta-feira (7) o primeiro Espaço Seguro na Rodoviária de Boa Vista (RR). No local, a equipe da ONU promoverá o atendimento de pessoas venezuelanas refugiadas e migrantes que estão em situação de rua, realizando escutas de proteção e fornecendo insumos em saúde sexual e reprodutiva.

A tenda do UNFPA foi instalada em parceria com as Forças Armadas, no âmbito da Operação Acolhida, ação do governo federal que lidera a resposta de recepção brasileira às pessoas venezuelanas que chegam ao país.

Em Roraima, são 13 abrigos dedicados a acolher o fluxo migratório. Nem todas as pessoas, entretanto, conseguem vaga nesses espaços, motivo pelo qual passam a se abrigar na rodoviária, enquanto esperam uma vaga em alojamento ou na interiorização (etapa em que, com os documentos em dia, têm a chance de viajar a outros estados do país).

O UNFPA já atuava oferecendo atendimento às pessoas no local, com ações pontuais, mas com a inauguração do Espaço Seguro isso será possível de forma mais individualizada e confortável.

“É importante ressaltar que são pessoas em situação de rua, o que potencializa as vulnerabilidades e as violências sofridas. A presença do UNFPA dá subsídios para qualificar a proteção a essas pessoas, no âmbito da Operação Acolhida, e promove a resiliência comunitária”, explicou a oficial de programa para Assistência Humanitária do UNFPA, Irina Bacci.

Na última semana, a tenda já recebeu a primeira atividade programada pelo UNFPA na cidade: um atendimento coletivo feito pela especialista em Saúde Sexual e Reprodutiva, Leila Rocha, que reuniu mulheres para uma roda de conversa sobre o uso de métodos contraceptivos, como preservativos masculinos e femininos. Também foi abordada a importância da realização do pré-natal e as formas de acessar a rede pública de saúde local.

O UNFPA trabalha em Roraima desde 2017, por meio de seu programa de Assistência Humanitária, atuando nos eixos de violência baseada em gênero e saúde sexual e reprodutiva. Com salas para atendimento existentes nos postos de triagem de Boa Vista e Pacaraima, o Espaço Seguro na rodoviária amplia a presença e atuação da organização na região.