Fundo de População da ONU e Itaipu Binacional promovem seminário sobre gravidez na adolescência

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Nas próximas terça (11) e quarta-feira (12), a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, recebe o I Seminário Internacional para a Prevenção e Redução da Gravidez não Intencional na Adolescência.

Com o envolvimento da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP), o encontro reúne gestores públicos, técnicos, especialistas e a sociedade civil do Brasil e outros países da América Latina.

Seminário aborda saúde sexual e reprodutiva no Brasil e na América Latina. Imagem: UNFPA Brasil

Seminário aborda saúde sexual e reprodutiva no Brasil e na América Latina. Imagem: UNFPA Brasil

Nas próximas terça (11) e quarta-feira (12), a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, recebe o I Seminário Internacional para a Prevenção e Redução da Gravidez não Intencional na Adolescência. O evento marca o início das ações da parceria firmada entre a Itaipu Binacional e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Com o envolvimento da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP), o encontro reúne gestores públicos, técnicos, especialistas e a sociedade civil do Brasil e outros países da América Latina.

São esperadas cerca de 200 pessoas, a maioria representando os 54 municípios que fazem parte da AMOP. O objetivo do seminário é trocar experiências e divulgar boas práticas, além de pensar a saúde sexual e reprodutiva e os direitos dos e das adolescentes com base em evidências científicas. Para isso, também participarão especialistas de outros estados brasileiros e convidados da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai.

A parceria entre a Itaipu Binacional e o UNFPA, firmada em 2018, prevê a realização de serviços, estratégias de comunicação, produção e análise de dados, com o intuito de desenvolver políticas públicas voltadas para adolescentes e jovens, em especial para a prevenção da gravidez não intencional.

No Brasil, apenas em 2016, nasceram 24 mil bebês filhos de meninas de até 14 anos de idade e 477 mil filhos de mães com idade entre 15 e 19 anos. Segundo o IBGE, de cada dez meninas de 15 a 19 anos grávidas ou com filhos, sete são negras e seis não trabalham nem estudam.

A cooperação da agência da ONU com a Itaipu Binacional contribui para que as e os jovens, além de exercerem os seus direitos sexuais e reprodutivos com informação e segurança, possam desenvolver habilidades para a vida, alcançando seus plenos potenciais.

Serviço
I Seminário Internacional para a Prevenção e Redução da Gravidez Não Intencional na Adolescência
Terça-feira (11), às 19h30 – solenidade de abertura
Quarta-feira (12), das 8h às 17h30
Mabu Thermas Grand Hotel (Av. das Cataratas, 3175 – Vila Yolanda, Foz do Iguaçu – PR)
Evento reservado a convidados

Atendimento à imprensa
Paola Bello – Oficial de Comunicação do UNFPA no Brasil
pbello@unfpa.org / (61) 3038-9259 / (61) 99181-1000

Thais Rodrigues – Consultora de Comunicação do UNFPA no Brasil
trodrigues@unfpa.org / (61) 3038-9246


Mais notícias de:

Comente

comentários