Fundo apoiado pela ONU para combater mudanças climáticas é lançado na Coreia do Sul

Ajuda financeira deve auxiliar políticas para diminuição da emissão de gases poluentes, criar instituições dedicadas ao clima e capacitar agricultores para lidar com as mudanças inevitáveis.

Foto: Escritório Europeu de Patentes

O Fundo Verde para o Clima foi lançado na Coreia do Sul com apoio da ONU na quarta-feira (4) como um esforço coletivo para ajudar nas medidas de mitigação, adaptação e resiliência nos países em desenvolvimento.

O chefe da ONU, Ban Ki-moon, enviou uma mensagem de vídeo para a cerimônia e dizendo que, apesar de o Fundo não ser o único canal de financiamento para políticas que ajudem a melhorar o clima, ele será um elemento importante de uma estrutura público-privada que dá suporte a investimentos para diminuir a emissão de gás carbônico e acesso justo à financiamentos para o clima.

“O Fundo pode reforçar a apropriação nacional e permitir que os países desenvolvam competências e instituições necessárias para a utilização eficaz do financiamento para o clima”, afirmou Ban.

O secretário-geral ainda expressou esperança de que o mecanismo será capaz de fornecer em breve o capital necessário para reduzir emissões de gases poluentes, impulsionar a criação de clínicas rurais e escolas, capacitar agricultores e apoiar os governos e as empresas a adotarem baixas emissões e opções de resiliência para o clima.

O Fundo, acordado na Conferência dos Estados-Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima de 2010, foi designado como uma entidade operacional do mecanismo financeiro da Convenção.