Flamengo apresenta camisa de parceria com UNICEF em defesa de crianças e adolescentes

Clube rubro-negro firma compromisso internacional pela garantia e promoção de ambiente saudável para o desenvolvimento humano.

Flamengo e UNICEF oficializaram parceira nesta sexta-feira

Os jogadores do Flamengo passarão, a partir do domingo (6/11), a entrar em campo com uma nova camisa: a da defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes, simbolizada pela logomarca do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), estampada no uniforme rubro-negro. Nas costas, números desenhados por crianças que são atendidas por programas do UNICEF, além de frases como “infância sem AIDS”.

A nova camisa foi apresentada hoje (4/11) na sede do clube, no Rio de Janeiro, numa cerimônia que contou com a presença de diversos atletas, como o jogador de futebol Thomas, o nadador Cesar Cielo, além dos ginastas Diego e Daniele Hypolito e Jade Barbosa. O Escritor do UNICEF para as Crianças, Mauricio de Sousa, e seus personagens Mônica, Embaixadora do UNICEF no Brasil, e Ronaldinho também compareceram, juntamente com o cartunista Ziraldo e o técnico Vanderlei Luxemburgo.

A iniciativa faz parte do compromisso “Meu Time é Nota 10!”, firmado hoje (4/11) pelo Flamengo junto ao UNICEF. O clube se comprometeu a seguir dez medidas, como ampliar gradativamente a assistência médica, odontológica e psicológica – já oferecida aos atletas das categorias principais – aos atletas de base. Também vai assegurar que todas as crianças e adolescentes que treinam no clube estudem e tenham seu desempenho escolar acompanhado.

“O Flamengo e o UNICEF não apenas promoverão os direitos dos atletas das categorias de base, mas estimularão também uma maior consciência dos direitos da criança e do adolescente em todo o mundo”, disse o Diretor Executivo do UNICEF, Anthony Lake. “Esse é o melhor momento para fazermos isso. À medida que esta grande nação se prepara para a Copa do Mundo de 2014 e para a Olimpíada de 2016, os olhos do mundo estão voltados para o Brasil.”

Segundo a Presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, o clube tratará dos temas defendidos pelo UNICEF, como o fim do preconceito e da violência contra meninos e meninas, com seus funcionários, atletas e crianças atendidas nos projetos sociais. A cada mês, um assunto diferente será colocado em debate. “O Flamengo tem o compromisso e a cobrança da vitória nas suas competições esportivas e, hoje, também tem o compromisso de preservação dos direitos das crianças e dos adolescentes”, afirma.

Para marcar a parceria, Patrícia e atletas do Flamengo trocarão, durante uma semana, suas fotos nas redes sociais por imagens de quando eram crianças. A presidente do clube espera que os torcedores também embalem no movimento para mostrar mais do que amor pelo time, amor pela infância.

Clique aqui para ouvir ou acesse abaixo a matéria da Rádio ONU.

[audio:http://downloads.unmultimedia.org/radio/pt/ltd/mp3/2011/1111049i.mp3%5D