Filme mostra drama do degelo no Himalaia

Documentário retrata a luta de comunidades asiáticas para se adaptar ao efeito das mudanças climáticas sobre a região da cordilheira.

Degelo no HimalaiaLagos formados por água glacial. Secas provocadas pela alteração no regime das chuvas e que podem deixar 2 bilhões de pessoas sem água para beber ou para irrigar. Risco constante de alagamento de comunidades inteiras. Esses são alguns dos possíveis efeitos das mudanças climáticas na Cordilheira do Himalaia mostrados no documentário “Revealed: The Himalayan Meltdown”.

O vídeo, produzido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pela Arrowhead Films, alerta que mais de 55 mil geleiras estão diminuindo rapidamente nessa região da Ásia e ameaçam bilhões de vidas e suas fontes de subsistência.

Entre as histórias contadas está a de Sonam Ishi Sherpa, proprietário de um hotel no Nepal que morou a vida inteira aos pés do Himalaia. “Eu frequentemente perco o sono, temendo por minha comunidade, porque uma enchente glacial devastaria o vale inteiro do rio”, afirma.

Confira o trailer do vídeo, abaixo:

“Países em desenvolvimento são mais vulneráveis aos impactos das mudanças climáticas, mas são menos capazes de conseguir pagar para se adaptar a isso”, comentou a administradora-geral do PNUD, Helen Clark, durante a exibição do filme no museu Asia Society, em Nova York. “Para eles, o futuro é agora. Eles já precisam, hoje, se adaptar ao clima em mudança e se preparar para um amanhã incerto.”

O documentário, de 45 minutos, mostra lagos como o Imja, no leste do Nepal, que não existia antes de 1960, mas que surgiu nas últimas décadas em decorrência da água glacial derretida. Como este, há milhares de lagos glaciais recentemente formados no Himalaia e que trazem risco de alagamento por conta de avalanches e terremotos.