Festival apoiado pela ONU reúne coletivos juvenis da América Latina na Bahia

O encontro tem o objetivo de promover o intercâmbio entre coletivos artístico-culturais de bairros periféricos de Salvador com coletivos juvenis formados por afrodescendentes de outros países latino-americanos. A ação insere-se dentro das comemorações da Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024).

Logomarca do festival foi criada por jovens de projetos da Cipó. Imagem: ONG Cipó Comunicação Interativa

Logomarca do festival foi criada por jovens de projetos da Cipó. Imagem: ONG Cipó Comunicação Interativa

Jovens das cinco regiões do Brasil e de outros três países da América Latina – Argentina, Colômbia e Equador – participarão de 26 a 29 de agosto, na capital baiana, do Festival Negra América – Cultura e Periferia, um encontro com o objetivo de promover o intercâmbio entre coletivos artístico-culturais de bairros periféricos de Salvador com coletivos juvenis formados por afrodescendentes de outros países latino-americanos.

O evento, que ocupará espaços do Subúrbio Ferroviário e Centro Antigo, é apoiado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), caracterizado por enfatizar, como uma das diretrizes principais do seu mandato, o investimento em juventude como chave para o desenvolvimento global.

O apoio da agência da ONU ocorre também no âmbito da Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024), lançada no Brasil em julho deste ano, e que busca promover o respeito, a proteção e a realização de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais dos povos afrodescendentes, reconhecer suas contribuições às sociedades, e propor medidas concretas para promover sua inclusão total e combater todas as formas de racismo, discriminação racial, xenofobia e qualquer tipo de intolerância relacionada.

A expectativa do Festival é que o encontro proporcione o fortalecimento da produção artístico-cultural dos coletivos participantes, além de promover a reflexão sobre a contribuição das manifestações culturais de matriz africana para o desenvolvimento da América Latina. O Negra América tem especialmente o intuito de promover a visibilidade de jovens que residem em bairros populares, como produtores de riqueza cultural para os seus países. A programação completa e as inscrições serão divulgadas em breve.

Acontecerão seminários, apresentações culturais, atividades educativas e a construção colaborativa de uma agenda de ações em rede a serem realizadas pelos coletivos juvenis. O Festival Negra América abrangerá diferentes linguagens artísticas, reunindo artistas de música, vídeo, cultura digital, intervenções urbanas, teatro, como uma verdadeira vitrine da produção dos coletivos juvenis.

O encontro será realizado pela ONG CIPÓ Comunicação Interativa e o projeto Latitudes Latinas, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), patrocinado pela Oi e o Fazcultura – Lei Estadual de Incentivo à Cultura, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) e conta com o apoio do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia e o projeto Oi Futuro

Serviço
Festival Negra América – Arte e Cultura
Apresentações Culturais, Oficinas, Seminários – Gratuitos
Quando: 26 a 29 de agosto
Onde: Centro Cultural Plataforma, Praça São Brás (Plataforma), Parque São Bartolomeu, Oi Kabum – Escola Arte e Tecnologia
Programação Gratuita
Para mais informações: www.cipo.org.br

Atendimento de Imprensa
Contatos Cipó:
Lola Bê ou Mônica Santana
(71)3503-4477 ou 9118-5501

Contatos UNFPA:
Midiã Santana
(71) 3183-5719
Gabriela Borelli
(61) 3038-9246