FAO: Preço dos alimentos no Brasil subiu 0,9% em dezembro

Inflação mensal da região registrou alta de 0,2% no último mês de 2013, devido principalmente aos preços do tomate, arroz, feijão e abóbora. Dieta dos mais pobres já está sendo afetada.

Preços dos alimentos no Brasil obteve ligeiro aumento em dezembro de 2013. Foto: Martha Silva/Creative Commons

Preços dos alimentos no Brasil obteve ligeiro aumento em dezembro de 2013. Foto: Martha Silva/Creative Commons

Brasil, Argentina e Colômbia registraram alta na inflação dos alimentos em dezembro de 0,9%, 1,6% e 0,3%, respectivamente, se comparado com os índices do mês anterior.

Em compensação, Bolívia, Chile e Peru registraram queda de 1,2%, 0,8% e 0,4%, respectivamente, de acordo com o Informe Mensal de Preços da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), lançado esta semana.

Para a região da América Latina e do Caribe, a inflação de dezembro para os alimentos registrou um aumento de 0,2% se comparado aos números de novembro, variando 1%. Já a inflação geral da região registrou um aumento de 0,1% com variação também de 1%.

O aumento foi influenciado pelos preços do tomate, do arroz, do feijão e da abóbora. Apesar disso, os preços do limão e da carne, principalmente bovina e de frango, tiveram impactos positivos no índice.

O aumento dos preços, embora pequeno, já está influenciando a segurança alimentar da região. Segundo a FAO, as comunidades pobres estão tendo que fazer uma dieta menos equilibrada e saudável.