FAO e Ministério da Pesca e Aquicultura discutem combate à fome

Um dos projetos em fase de estruturação é a criação de um centro de referência para formação e capacitação em aquicultura em Moçambique

Hélder Muteia e ministro Luiz Sérgio

O representante no Brasil da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), Hélder Muteia, foi recebido nesta sexta-feira (23/09) pelo Ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Sérgio. Na audiência, os dois falaram sobre projetos de cooperação técnica e o combate à fome no mundo.

Um dos projetos, ainda em fase de estruturação, é a criação de um centro de referência para formação e capacitação em aquicultura em Moçambique para atender países africanos, ainda carentes da formação de técnicos no setor. O projeto, além da coordenação técnica da FAO e do Ministério, também terá a participação da Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira (UNILAB) e do Governo de Moçambique.

Na última quarta-feira (21/09), Muteia proferiu ainda palestra na Conferência da Federação Internacional de Mulheres de Carreiras Jurídicas, na sede do Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília.