FAO e Colômbia firmam parceria de US$ 8 milhões para melhorar condições de vida no campo

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a Agência de Desenvolvimento Rural da Colômbia (ADR) firmaram na semana passada (12) uma parceria que disponibilizará 8 milhões de dólares para melhorar as condições de vida nas regiões agrícolas do país. Iniciativa mobilizará a assistência técnica da agência da ONU para orientar produtores a aumentar sua competitividade.

FAO e Agência de Desenvolvimento Rural (ADR) da Colômbia assinam parceria. Foto: FAO

FAO e Agência de Desenvolvimento Rural (ADR) da Colômbia assinam parceria. Foto: FAO

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a Agência de Desenvolvimento Rural da Colômbia (ADR) firmaram na semana passada (12) uma parceria que disponibilizará 8 milhões de dólares para melhorar as condições de vida nas regiões agrícolas do país. Iniciativa mobilizará a assistência técnica da agência da ONU para orientar produtores a aumentar sua competitividade.

“Estamos firmando hoje uma aliança entre duas entidades que promoverão a paz através da institucionalidade”, afirmou o representante da FAO na Colômbia, Rafael Zavala.

O convênio assinado entre o governo e a ONU prevê a concepção e o cofinanciamento de projetos integrais de desenvolvimento agropecuário e rural. Outra frente de ação é o aprimoramento das estratégias da ADR e das capacidades produtivas dos territórios rurais contemplados pela iniciativa.

A FAO e as autoridades esperam melhorar a integração e a competitividade da produção agrícola colombiana, sobretudo a partir da associação entre agricultores.

A cooperação do país e da agência da ONU priorizará os departamentos de Chocó, Caldas, Risaralda, Quindío, Tolima, Cauca, Valle del Cauca, Nariño, Putumayo, Huila, Atlántico, Antioquia, Boyacá, Bolívar, Cesar, Tolima, Meta e Nariño.