Explosão fere gravemente dois integrantes da força de paz da ONU em Mali

O incidente ocorreu no sábado (22) quando um veículo da MINUSMA que escoltava um comboio de logística acabou atingindo uma mina ou artefato explosivo.

Tropas da ONU em patrulha em Menaka, Mali. Foto: MINUSMA / Marco Dormino

Tropas da ONU em patrulha em Menaka, Mali. Foto: MINUSMA / Marco Dormino

A Missão de Estabilização Multidimensional Integrada das Nações Unidas no Mali (MINUSMA) condenou o uso de minas terrestres ou artefatos explosivos, que feriram gravemente dois integrantes da força de paz na manhã deste sábado (22).

“A MINUSMA condena veementemente esses atos destinados a paralisar suas operações no Mali e que afeta indiscriminadamente o pessoal da ONU ou civis inocentes”, afirmou um comunicado de imprensa enviado pela Missão no mesmo dia do ocorrido.

Um veículo da MINUSMA escoltando um comboio de logística atingiu uma mina ou um artefato explosivo no eixo Ansong-Menaka, cerca de 70 quilômetros a leste de Ansongo, disse a Missão. A explosão destruiu o veículo e feriu gravemente dois soldados da MINUSMA.