Exploração sexual infantil é tema de fórum com participação da ONU

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A representante auxiliar do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Fernanda Lopes, participa na quinta-feira (18) em São Paulo do Fórum Exploração Sexual Infantil, que visa a discutir maneiras de combater essa prática perversa que afeta crianças e adolescentes pelo Brasil. O fórum é uma realização da Folha de S. Paulo em parceria com o Instituto Liberta e é aberto ao público mediante inscrição.

O evento terá como foco o combate à exploração sexual e ao abuso de crianças. Foto: EBC

O evento terá como foco o combate à exploração sexual e ao abuso de crianças. Foto: EBC

A representante auxiliar do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Fernanda Lopes, participa na quinta-feira (18) em São Paulo do Fórum Exploração Sexual Infantil, que visa a discutir maneiras de combater essa prática perversa que afeta crianças e adolescentes pelo Brasil. O fórum é uma realização da Folha de S. Paulo em parceria com o Instituto Liberta e é aberto ao público mediante inscrição.

O evento terá como foco o combate à exploração sexual e ao abuso de crianças, abordando ações do Legislativo e do Judiciário, redes de proteção a testemunhas e formas com as quais as empresas podem ajudar.

O UNFPA estará presente na mesa voltada a debater a cultura do abuso na sociedade brasileira e no mundo, procurando entender as práticas e comportamentos arraigados que dificultam o combate à exploração sexual e abordando maneiras de superar essa cultura de violação de direitos. Serão discutidas também questões como gravidez na adolescência e casamento infantil e apresentadas as recomendações do último relatório Situação da População Mundial do UNFPA, lançado em 2016.

No relatório, o UNFPA destaca a necessidade de apoiar e investir em meninas de 10 anos que estão iniciando sua passagem da adolescência para a idade adulta e das quais depende o futuro coletivo da humanidade, inclusive para o alcance dos objetivos globais acordados pelos países na Agenda 2030.

O fórum acontecerá no auditório da Unibes Cultural, na rua Oscar Freire, 2.500, em São Paulo, e tem sua programação disponível no site da Folha de S.Paulo.

Clique aqui para acessar a programação completa.


Mais notícias de:

Comente

comentários