Especialistas e agências da ONU reúnem-se no Rio para discutir resistência a antibióticos

Representantes de agências da ONU e outros organismos internacionais reuniram-se em meados de agosto (17 e 18) no Rio de Janeiro para trocar informações, unir esforços e alinhar atividades de apoio aos países das Américas na implementação de seus Planos de Ação Nacionais para a contenção da resistência antimicrobiana (RAM).

A reunião teve a presença de representantes do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (PANAFTOSA-OPS/OMS), da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), entre outros especialistas.

OMS atualiza Lista de Medicamentos Essenciais com novas recomendações sobre uso de antibióticos. Foto: ONU

Para a ONU, a resistência a medicamentos é uma ameaça de longo prazo à saúde humana, à produção sustentável de alimentos e ao desenvolvimento. Foto: ONU

Representantes de agências da ONU e outros organismos internacionais reuniram-se em meados de agosto (17 e 18) no Rio de Janeiro para trocar informações, unir esforços e alinhar atividades de apoio aos países das Américas na implementação de seus Planos de Ação Nacionais para a contenção da resistência antimicrobiana (RAM).

A reunião teve a presença de representantes do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (PANAFTOSA-OPS/OMS), da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e do Organismo Internacional Regional de Saúde Agropecuária (OIRSA). O especialista convidado Armando Hoet, da Universidade de Ohio (Estados Unidos), também esteve presente.

Na reunião, foi decidida a criação de uma agenda comum, com todas as atividades dos organismos envolvidos no tema da RAM e que serão divulgadas em seus respectivos sites. Também foi determinada a realização de reuniões periódicas para alinhamento de estratégias.

Além disso, foi estabelecida a convergência de atividades em temas comuns e o desenvolvimento de ações coordenadas. O primeiro passo será um ato conjunto de comunicação para a Semana Mundial de Conscientização sobre o Uso de Antibióticos, que ocorre de 13 a 19 de novembro.

Para a ONU, a resistência a medicamentos é uma ameaça de longo prazo à saúde humana, à produção sustentável de alimentos e ao desenvolvimento.