Especialistas da ONU vão ao MT discutir formas de melhorar infraestrutura do estado

Especialistas do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) estarão em Cuiabá até 6 de março para atividades em parceria com a secretarias de Infraestrutura e Logística (SINFRA) e de Educação, Esporte e Lazer (SEDUC) do Mato Grosso com o objetivo de discutir e dar recomendações sobre como melhorar a infraestrutura do estado, especialmente na área de transporte e educação.

As ações estão relacionadas ao Diagnóstico das Capacidade de Infraestrutura (CAT-I), uma ferramenta desenvolvida pelo UNOPS com o objetivo de ajudar países, estados ou cidades a aperfeiçoar e aumentar suas capacidades na área de infraestrutura.

Vista aérea de Cuiabá, no Mato Grosso. Foto: EBC

Vista aérea de Cuiabá, no Mato Grosso. Foto: EBC

Especialistas do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) estarão em Cuiabá até 6 de março para atividades em parceria com a secretarias de Infraestrutura e Logística (SINFRA) e de Educação, Esporte e Lazer (SEDUC) do Mato Grosso com o objetivo de discutir e dar recomendações sobre como melhorar a infraestrutura do estado, especialmente na área de transporte e educação.

As ações estão relacionadas ao Diagnóstico das Capacidade de Infraestrutura (CAT-I), uma ferramenta desenvolvida pelo UNOPS em parceria com a Universidade de Oxford com o objetivo de ajudar países, estados ou cidades a aperfeiçoar e aumentar suas capacidades na área de infraestrutura. A iniciativa reúne profissionais vindos da principal sede do UNOPS, na Dinamarca, de sua regional, no Panamá, e do escritório nacional, em Brasília.

Na SINFRA, a equipe apresentará os resultados das análises realizadas nesta secretaria e fará recomendações sobre como melhorar os gargalos e aproveitar as oportunidades existentes, principalmente nas áreas de rodovias e aeroportos estaduais. Já na SEDUC, na qual as ações ainda estão em fase inicial, serão realizadas entrevistas com autoridades, parceiros e usuários para mapear a situação da infraestrutura na área de educação.

Inicialmente, o CAT-I será implantado SINFRA e SEDUC de Mato Grosso, mas poderá envolver outros órgãos do estado, com o apoio da sociedade de economia mista MT Participações e Projetos (MT PAR). O objetivo é melhorar o planejamento, execução e gerenciamento da infraestrutura de forma sistêmica e integrada.

O UNOPS contribui com o governo do Mato Grosso por meio de transferência de conhecimento e apoio técnico. Além do Brasil, o escritório da ONU também está desenvolvendo o CAT-I como piloto na Sérvia e no Nepal.

UNOPS

O UNOPS é o recurso central das Nações Unidas para a gestão de aquisições e de contratos, assim como para obras públicas e desenvolvimento de infraestrutura física, incluindo atividades relacionadas ao fomento da capacidade dos organismos.

No mundo, apoia outras agências do Sistema ONU, governos, organismos multilaterais e outros parceiros na execução de projetos humanitários, de desenvolvimento e de consolidação da paz. Sua missão é contribuir para que as pessoas tenham melhores condições de vida e os países a alcancem um desenvolvimento sustentável.

No Brasil, por meio de convênios de cooperação técnica, o escritório apoia os governos em diferentes áreas, transferindo conhecimentos com o apoio dos melhores especialistas nacionais e internacionais. Assim, colabora para que os recursos públicos sejam utilizados de forma eficiente e transparente e que os projetos sejam geridos com um enfoque em sustentabilidade.