Especialista diz que busca por desenvolvimento sustentável não deve ser competição entre países

O Centro Internacional de Pesquisas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG) deu início na semana passada (29), em Brasília, a um ciclo de três seminários sobre cooperação internacional. Em evento de abertura, o representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), José Eduardo Malta Sá Brandão, defendeu as parcerias entre as nações para promover o desenvolvimento sustentável.

Seminário aborda papel da cooperação internacional na promoção do desenvolvimento sustentável. Foto: IPC-IG/Júlia Matravolgyi

Seminário aborda papel da cooperação internacional na promoção do desenvolvimento sustentável. Foto: IPC-IG/Júlia Matravolgyi

O Centro Internacional de Pesquisas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG) deu início na semana passada (29), em Brasília, a um ciclo de três seminários sobre cooperação internacional. Em evento de abertura, o representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), José Eduardo Malta Sá Brandão, defendeu as parcerias entre as nações para promover o desenvolvimento sustentável.

“É importante lembrar que não podemos ver a busca por desenvolvimento sustentável como uma competição entre os países”, enfatizou o pesquisador, que coordena o Departamento de Estudos sobre Relações Econômicas e Políticas Internacionais.

O especialista do IPEA é doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e trabalha na instituição desde 1998.

Em sua palestra, Brandão abordou duas metodologias de avaliação da cooperação internacional em sustentabilidade – a ajuda oficial para o desenvolvimento e o apoio total ao desenvolvimento sustentável. A apresentação foi gravada e está disponível na íntegra na internet. Assista clicando aqui.

Entre as organizações convidadas para as próximas apresentações no IPC-IG, está a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores.