Esforços para aumentar o número de policiais mulheres geram frutos

A iniciativa das Nações Unidas para aumentar o número de policiais mulheres em missões de paz em todo o mundo tem feito progressos reais desde que foi lançada há um ano, afirma a Polícia da ONU.

A Consultora da Polícia da ONU, Ann-Marie Orler. Foto: ONU.A iniciativa das Nações Unidas para aumentar o número de policiais mulheres em missões de paz em todo o mundo tem feito progressos reais desde que foi lançada há um ano, afirma a Polícia da ONU.

O Esforço Global foi lançado em agosto de 2009 com o objetivo de mais do que dobrar a proporção de mulheres pertencentes à Polícia da ONU (UNPOL) para 20% até 2014. Hoje, cerca de 8,7% dos quase 14 mil policiais na UNPOL em todo o mundo – ou 1.218 – são mulheres.

“Faz apenas um ano que lançamos o Esforço Global, mas estamos vendo sinais encorajadores e progresso de verdade”, disse a Consultora da Polícia da ONU, Ann-Marie Orler, na conferência anual de treinamento da Associação Internacional de Polícia da Mulher, realizada na cidade de Minneapolis (EUA), no início desta semana.

Orler esclareceu que o aumento do número de mulheres em quase todas as missões da ONU não se deve apenas à luta contra a violência sexual e baseada no gênero. “De modo geral, a presença de policiais mulheres oferece maior confiança na polícia. As policiais mulheres desempenham um papel importante como provedoras de segurança, mediadoras, investigadoras e instrutoras na reconstrução dos serviços da polícia em todo o mundo”.