Equipe da OMS que acompanha programa ‘Mais Médicos’ recebe 22 profissionais cubanos

Foto: OPAS/OMS

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), representação da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas, instituiu uma equipe que contará com 22 médicos cubanos para assessorar, monitorar e avaliar o Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde.

O ‘Mais Médicos’ faz parte de uma iniciativa do governo brasileiro para melhorar o atendimento do Sistema Único de Saúde, aumentar os investimentos na infraestrutura dos hospitais e levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência dos profissionais.

A equipe da OPAS/OMS inclui especialistas em medicina familiar, medicina geral, administração de saúde, coordenação de sistemas públicos e com experiência em trabalho internacional. A sua prioridade é apoiar tecnicamente e ajudar na coordenação do Programa Mais Médicos.

Os assessores trabalharão com a equipe de gestão do Programa Mais Médicos da OPAS/OMS, autoridades federais, estaduais e municipais. Todo semestre eles elaborarão um plano de ação e um informe de gestão e a cada mês realizarão um monitoramento técnico, contribuindo diretamente para a consolidação e divulgação dos resultados do programa. Saiba detalhes da iniciativa clicando aqui.