Enviado da ONU avalia progresso de observadores da ONU na Síria e pede por ‘caminho do diálogo’

Durante visita de campo, Ladsous conversou com governo e oposição sobre cooperação mútua e questionou sobre a segurança dos observadores.

O Subsecretário Geral da ONU para as Operações de Paz Hervé Ladsous (ONU/Devra Berkowitz)O Subsecretário-Geral da ONU para Operações de Paz, Hervé Ladsous,  encontrou-se hoje (21/05) com o Governo Sírio e o representante do grupo de oposição durante uma visita na cidade de Homs. “Durante o encontro, ambos os lados expressaram o seu compromisso com o plano de paz de seis pontos do Enviado Especial Kofi Annan e afirmaram que a violência diminuiu desde a chegada dos observadores”, disse um porta-voz da Missão de Supervisão da ONU na Síria (UNSMIS).

Ladsous chegou à Síria na semana passada para uma  estadia de quatro dias  com objetivo de avaliar os progressos dos observadores da UNSMIS. “Ladsous afirmou que o foco precisa agora estar na construção de diálogo e confiança entre as partes”, informou o porta-voz. Além de discutir com governo e oposição sobre cooperação mútua e facilitação do diálogo, Ladsous também questionou sobre a segurança dos observadores.

Durante a visita de campo, Ladsous comentou que o fim da violência só será alcançado se todas as partes, internas e externas, escolherem o caminho do diálogo.

Violência no Líbano preocupa ONU

Enquanto isso, o Coordenador Especial da ONU para o Líbano, Derek Pulmbly, expressou preocupação hoje (21/05) sobre os violentos incidentes que levaram a mortes no Líbano. “É importante que não haja repetição de mais violência e que os incidentes que ocorridos sejam plena e exaustivamente investigados”, disse Plumbly em um comunicado, no qual ele também expressou suas condolências às famílias dos mortos.

De acordo com a mídia, a violência no país está relacionada à vizinha Síria, envolvendo simpatizantes e opositores de ambos os lados do conflito sírio.