Enfrentamos emergência global nos oceanos, diz chefe da ONU na cúpula do G7

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A menos que uma mudança ocorra, a quantidade de lixo plástico nos oceanos do mundo irá superar o número de peixes que vivem neles até 2050, disse o secretário-geral da ONU no sábado (9), declarando que o mundo enfrenta agora uma “emergência global” nos oceanos.

“Os fatos estão claros. Nossos oceanos estão uma bagunça”, disse António Guterres durante evento na cúpula do G7 — grupo composto por Alemanha, Japão, Canadá, Estados Unidos, França, Itália e Reino Unido — que ocorreu em Charlevoix, Canadá.

Secretário-geral da ONU, António Guterres, é cumprimentado por oficiais ao chegar ao Canadá para a cúpula do G7. Foto: G7 Canadá/Xavier Dachez

Secretário-geral da ONU, António Guterres, é cumprimentado por oficiais ao chegar ao Canadá para a cúpula do G7. Foto: G7 Canadá/Xavier Dachez

A menos que uma mudança ocorra, a quantidade de lixo plástico nos oceanos do mundo irá superar o número de peixes que vivem neles até 2050, disse o secretário-geral da ONU no sábado (9), declarando que o mundo enfrenta agora uma “emergência global” nos oceanos.

“Os fatos estão claros. Nossos oceanos estão uma bagunça”, disse António Guterres durante evento na cúpula do G7 — grupo composto por Alemanha, Japão, Canadá, Estados Unidos, França, Itália e Reino Unido — que ocorreu em Charlevoix, Canadá.

“Lixo plástico é agora encontrado nas áreas mais remotas do planeta. Mata a vida marinha e está prejudicando seriamente comunidades que dependem da pesca e do turismo”, disse.

Lembrando que uma massa de plástico no Pacífico é agora maior do que a França, Guterres elogiou o acordo do G7 sobre plásticos, fechado no sábado, visto por observadores como um marco para a limpeza do lixo nos oceanos.

“Mas precisamos fazer muito mais”, disse Guterres. “Não apenas sobre o lixo plástico, mas em relação a todos os problemas nos oceanos”.

“Não se engane, estamos em uma batalha. E estamos perdendo em todas as frentes”, enfatizou.


Comente

comentários