Encontros em Brasília debatem saúde, cultura de paz e não violência

“Poucos países do mundo reúnem tantas pessoas quando se trata de discutir saúde pública”, disse o representante da Organização Pan-Americana de Saúde no Brasil.

A cerimônia de abertura do XXX Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e do XI Congresso Brasileiro de Saúde, Cultura de Paz e Não Violência aconteceu no último dia 01 de junho, no município de Serra, no Espírito Santo.

O XXX CONASEMS teve como tema “SUS: desafios do financiamento”. A abertura oficial contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o ministro da Saúde, o presidente do CONASEMS e o representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) no Brasil.

Em seu discurso, o ministro da Saúde ressaltou a importância do CONASEMS no cenário da saúde pública brasileira e o papel dos gestores municipais na luta pela universalização e garantia de acesso aos serviços de saúde.

Destacou o cenário atual da implementação do Programa Mais Médicos, apresentando informações acerca da distribuição e do quantitativo de profissionais em todo o país, que chegam a cerca de 14 mil – dos quais em torno de 11 mil são oriundos de Cuba. O Programa tem amplo alcance nacional e vem possibilitando progressivo aumento da cobertura. Ainda em relação ao Programa Mais Médicos, destacou o apoio da OPAS/OMS no Brasil, cuja parceria tem sido fundamental para que seus objetivos sejam alcançados.

O presidente do CONASEMS agradeceu e parabenizou os profissionais presentes, destacando a importância desse evento para o fortalecimento da Atenção Básica, reforçando o caráter universal do Sistema Único de Saúde. E reforçou a necessidade de “desafogar os municípios, que sofrem com o problema do subfinanciamento”, tema central do Congresso. Ele também ressaltou o significado do Programa Mais Médicos no cenário brasileiro atual e o papel da OPAS/BRA na implementação do Programa.

O representante da OPAS/OMS no Brasil também destacou o significado do Congresso, que articula municípios brasileiros em prol da melhoria da assistência na Atenção Básica, colocando a gestão municipal em posição estratégica. “Poucos países do mundo reúnem tantas pessoas quando se trata de discutir saúde pública”, disse.

Mais detalhes em http://bit.ly/SBRwiX e www.conasems.org.br