Empresas brasileiras lançam campanha digital sobre objetivos globais

Empresas signatárias da Rede Brasil do Pacto Global, vinculada ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil, lançaram nesta semana, por meio de sua Comissão de Engajamento e Comunicação (CEC), ação inédita para fortalecer a implementação da Agenda 2030 no país.

Intitulada “Campanha ODS e Setor Empresarial”, a iniciativa envolve mais de 80 empresas e organizações. Até março de 2019, as páginas nas redes sociais dos participantes divulgarão mensagens e dados sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Município de São João das Missões no norte de Minas Gerais, uma região de um dos menores IDH do Brasil. Foto: Renato Jorge Marcelo - ODS 1

Município de São João das Missões no norte de Minas Gerais, uma região de um dos menores IDH do Brasil. Foto: Renato Jorge Marcelo – ODS 1 – Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares

Empresas signatárias da Rede Brasil do Pacto Global, vinculada ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil, lançaram nesta semana, por meio de sua Comissão de Engajamento e Comunicação (CEC), ação inédita para fortalecer a implementação da Agenda 2030 no país.

Intitulada “Campanha ODS e Setor Empresarial”, a iniciativa envolve mais de 80 empresas e organizações. Até março de 2019, as páginas nas redes sociais dos participantes divulgarão mensagens e dados sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Para fortalecer o papel do setor privado no alcance das metas da Agenda 2030, as empresas e organizações que participam da campanha também ressaltarão, por meio de Facebook, Twitter e Linkedin, como suas ações dialogam com os ODS.

As publicações também abordarão os desafios do setor privado na implementação da Agenda 2030, bem como apresentarão ao público as oportunidades de desenvolvimento sustentável que as empresas podem gerar a partir de ações que dialogam com o crescimento econômico, a inclusão social e a proteção do planeta.

“O engajamento com a campanha e a disposição das empresas e organizações que fazem parte da nossa rede mostram a maturidade do setor privado brasileiro e o comprometimento com o desenvolvimento sustentável, em linha com a Agenda 2030”, afirmou o secretário-executivo da Rede Brasil do Pacto Global, Carlo Pereira.

Na avaliação do copresidente do Grupo Assessor do Sistema ONU para a Agenda 2030 e assessor sênior do PNUD, Haroldo Machado Filho, as empresas tem papel central no alcance dos ODS, principalmente na construção de soluções duradouras e sustentáveis.

“O engajamento do setor privado é de fundamental importância para acelerar o cumprimento de uma agenda tão ambiciosa. É crescente o pensamento de que a interface entre negócios e problemas sociais e ambientais tem um grande potencial de sinergias, particularmente em uma perspectiva de longo prazo.”

“Boa parte da inovação no mundo hoje é para explorar essa interface, e uma série de produtos e serviços fantásticos está surgindo, o que mostra ser possível gerar lucro e, ao mesmo tempo, reduzir o uso de recursos naturais e gerar novas oportunidades às pessoas.”

Pacto Global

Lançado em 2000, o Pacto Global nasceu da necessidade de mobilizar a comunidade empresarial do mundo para a adoção de valores fundamentais e internacionalmente aceitos em suas práticas de negócio.

A iniciativa global é um avanço na implementação de um Regime de Direitos Humanos e Sustentabilidade empresarial. Atualmente são quase 13 mil signatários articulados em mais de 160 países.

Fazem parte pequenas, médias e grandes empresas, além de organizações da sociedade relacionadas ao setor privado. No Brasil, a Rede conta hoje com mais de 770 signatários, entre empresas, federações de indústrias e organizações da sociedade civil. A Rede Brasil do Pacto Global é entidade vinculada ao PNUD.