Embaixadora do UNICEF, Mônica apoia campanha de vacinação do Brasil contra sarampo e pólio

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A campanha nacional do Ministério da Saúde vai até o final do mês. O Dia D da mobilização nacional será o 18 de agosto, um sábado, quando os mais de 36 mil postos do Brasil estarão abertos. A meta é vacinar, pelo menos, 95% das 11,2 milhões de crianças de um a quatros anos de idade.

Imagem: UNICEF

Imagem: UNICEF

A Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo e pólio acaba de ganhar uma aliada especial: a personagem Mônica, embaixadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) no Brasil. A protagonista dos quadrinhos de Mauricio de Sousa empresta sua força para alertar os pais e responsáveis de que a vacinação é um direito da criança e um dever da família, da sociedade e do Estado.

Por meio de postagens nas redes sociais do UNICEF e da Mauricio de Sousa Produções, Mônica e outros personagens da sua Turma difundirão mensagens de conscientização sobre a importância de imunizar as crianças. O objetivo da sensibilização é garantir que, durante a campanha, os adultos levem seus filhos e filhas de um a quatro anos aos postos de vacinação.

A iniciativa de imunização do governo brasileiro contra a poliomielite e o sarampo vai até 31 de agosto. O Dia D da mobilização nacional será o 18 de agosto, um sábado, quando os mais de 36 mil postos do Brasil estarão abertos. A meta do Ministério da Saúde é vacinar, pelo menos, 95% das 11,2 milhões de crianças de um a quatros anos de idade. Com isso, a pasta espera evitar o retorno da pólio e a reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil, mas que podem retornar caso a cobertura de vacinação fique abaixo da meta.

“Como pai de dez filhos, sei da importância da vacinação para que as crianças cresçam saudáveis e livres de doenças sérias. Como embaixadora do UNICEF, Mônica cumpre seu papel de alertar os pais para esse direito das crianças”, afirma o desenhista Mauricio de Sousa, “pai” da Mônica e de outros 400 personagens.

Para a chefe de Saúde e HIV/Aids do UNICEF no Brasil, Cristina Albuquerque, o engajamento de Mônica na campanha vai ser fundamental. “Há mais de uma década como embaixadora do UNICEF no Brasil, Mônica vem falando diretamente com as crianças sobre os seus direitos. Mas ela também fala com a criança que existe em cada mãe e cada pai brasileiro, que cresceram lendo os gibis de Mauricio de Sousa. E por isso, estamos especialmente entusiasmados com o envolvimento dela nesta nossa mobilização.”

“Estamos preocupados com a queda na cobertura de vacinação no Brasil. Vacinar as crianças é a melhor forma de prevenir doenças que podem até matar. A vacina é um direito de cada criança e um dever legal dos pais, da sociedade e do Estado”, completa Cristina.


Mais notícias de:

Comente

comentários