Embaixador brasileiro na Palestina visita hospital em Gaza que recebeu doações do Brasil

“O apoio do Brasil está contribuindo para dar às pessoas uma chance de sobreviver em um ambiente desafiador”, disse o representante da agência da ONU para os refugiados palestinos.

​O Brasil doou 35 caixas de suprimentos médicos, contribuindo com a assistência médica básica para os refugiados da Palestina em Gaza. Na imagem, o Centro de Saúde Rukn Eddin, em Damasco, na Síria. Foto: UNRWA/Taghrid Mohammad

​O Brasil doou 35 caixas de suprimentos médicos, contribuindo com a assistência médica básica para os refugiados da Palestina em Gaza. Na imagem, o Centro de Saúde Rukn Eddin, em Damasco, na Síria. Foto: UNRWA/Taghrid Mohammad

Nesta quarta-feira (25), durante sua visita anual à Gaza, o embaixador do Brasil na Palestina, Paulo França, visitou o Centro de Saúde de Rimal, administrado pela Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA), para observar o impacto do apoio médico brasileiro sobre os refugiados da Palestina.

A visita contou com um evento que homenageou a parceria entre a UNRWA e o Governo brasileiro, que com seu apoio humanitário ajudou a agência da ONU a repor seus estoques de suprimentos médicos, que foram esgotados durante o conflito de junho de 2014.

O Brasil doou 35 caixas de suprimentos médicos, contendo antibióticos, remédios para diabetes e hipertensão arterial e materiais descartáveis, contribuindo com a assistência médica básica para os refugiados da Palestina em Gaza. O Centro de Saúde de Rimal, para onde foram destinadas as doações, atendeu 130 mil pessoas no ano passado.

O vice-diretor de Operações da Agência na região, Scott Anderson, disse que “o Brasil é um amigo importante para a UNRWA e para os refugiados da Palestina. O forte apoio às pessoas de Gaza expressas pelo embaixador Paulo França durante as hostilidades e no atual suporte, principalmente com os suprimentos médicos, está contribuindo para dar aos mais vulneráveis em Gaza uma chance de sobreviver em um ambiente constantemente desafiador”.

O apoio brasileiro ajudou a UNRWA a manter os serviços sociais em Gaza confiáveis e ágeis, contribuindo com os cuidados de saúde, educação e assistência alimentar. Além do apoio financeiro de quase 9 milhões de dólares desde 2011, o Brasil doou 11.500 toneladas de arroz, que teve uma parte destinada ao programa alimentar de emergência em 2014.

Este ano o Brasil prometeu uma doação adicional de 6 mil toneladas métricas de arroz para a assistência alimentar de emergência em Gaza.