Em Florianópolis, representante da ONU no Brasil participa de evento e se encontra com autoridades

Representante do PNUD se encontrou com o governador do estado, empresários e jovens, para falar sobre a agenda pós-2015.

Em Florianópolis, Jorge Chediek fala com empresários sobre a agenda pós-2015 da ONU. Foto: Univale/Leonardo Latronico

Em Florianópolis, Jorge Chediek fala com empresários sobre a agenda pós-2015 da ONU. Foto: Univale/Leonardo Latronico

“A nova agenda global é mais ambiciosa. Não falamos mais de reduzir, mas sim de eliminar a pobreza. O Brasil está mostrando que isso é possível. O país reduziu a pobreza e a desigualdade de renda ao mesmo tempo”, afirmou o representante residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e coordenador residente do Sistema ONU no Brasil, Jorge Chediek, na abertura dos “Diálogos pela Sustentabilidade”, em Florianópolis (SC).

Em encontro com o governador do estado catarinense Raimundo Colombo, Chediek destacou as conquistas de Santa Catarina em relação aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Colombo e o representante do PNUD ainda falaram sobre temas como economia, boa gestão de recursos públicos e o constante investimento que SC tem feito em educação desde o século XX. Mencionaram também os desafios do Estado e do Brasil em relação à segurança pública e ao aumento do tráfico de drogas.

Em sua visita ao estado, Chediek também proferiu uma palestra magna para empresários locais onde falou sobre papel das empresas na nova agenda de desenvolvimento global, principalmente no que se refere a parcerias a níveis globais com governos, sociedade civil, o sistema das Nações Unidas e outras empresas do próprio setor privado.

“Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) devem integrar o DNA das empresas, de sua estrutura organizacional, da estrutura de produção e de mercado. O setor privado pode não só contribuir como liderar essa inovação. Ao mesmo tempo, quem não se adequar pode sentir as sequelas, pois o mercado e os consumidores estão adotando essa nova agenda”, disse Chediek aos empresários catarinenses.

Encerrando suas atividades em Santa Catarina, Chediek se encontrou com estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC): “Temos 51 milhões de jovens nesse país. Se vocês se engajarem, vocês podem mudar esse mundo”, lembrou o representante da ONU no Brasil.

Saiba mais detalhes da visita clicando aqui.