Em evento da ONU, especialistas aprovam padrão ecológico para aparelhos móveis

Formas de diminuir o lixo eletrônico foi outro tema discutido. Imagem: UIT

Especialistas presentes na Semana de Padrões Verdes da União Internacional de Telecomunicações (UIT) pediram que os dispositivos móveis futuros tenham características mais ecológicas.

O modelo proposto na terceira edição do evento – que aconteceu em Madri, Espanha, entre os dias 16 e 20 de setembro – afeta redes, fabricantes e marcos nacionais e habilita os consumidores a tomar decisões de compra baseadas nas informações disponibilizadas sobre o impacto ambiental do aparelho.

Os critérios considerados para desenvolver o novo padrão incluem a emissão de gás carbônico, a vida da bateria, o uso de determinados produtos químicos e metais raros, embalagens e reciclagem, entre outros.

O modelo será desenvolvido priorizando princípios tais como a estimativa do ciclo de vida do aparelho, simplicidade, transparência, viabilidade e verificabilidade.

No evento, os especialistas também trabalharam em uma definição consensual sobre o que seria uma “cidade sustentável inteligente”. Essa definição será necessária para alinhar as normas internacionais e outros documentos legais referentes ao tema.

Os participantes também destacaram a necessidade de melhorar as estatísticas e a cooperação do lixo eletrônico. Eles incentivaram a contínua implementação dos padrões de redução de lixo estabelecidos pela UIT, que podem economizar 82 mil toneladas de lixo eletrônico por ano.