Em dia internacional, ONU Mulheres participa de eventos em mais 40 países pela igualdade de gênero

Na sede da ONU em Nova York, painéis de discussão debaterem formas de alcançar a igualdade entre homens e mulheres até 2030. Comemorações contaram ainda com apresentações musicais e atividades realizadas no mundo todo.

Em março de 2015, a ONU Mulheres lançou a iniciativa “Por um planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero” durante a marcha pelos direitos das mulheres em Nova York. Foto: ONU Mulheres / Ryan Brown

Em março de 2015, a ONU Mulheres lançou a iniciativa “Por um planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero” durante a marcha pelos direitos das mulheres em Nova York. Foto: ONU Mulheres / Ryan Brown

Nesta terça-feira (8), Dia Internacional da Mulher, a ONU Mulheres marcou a data com apresentações musicais e painéis de discussão na sede das Nações Unidas em Nova York. O tema das celebrações desse ano será “Por um planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero”.

A iniciativa da ONU Mulheres pretende discutir os esforços que estão sendo feitos para acelerar o cumprimento da Agenda 2030, além de promover reflexões sobre as iniciativas já em execução para alcançar a igualdade de gênero, um dos novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. As comemorações contaram com a presença da diretora executiva da agência da ONU, Phumzile Mlambo-Ngcuka.

O primeiro painel – “Para você, o que significa um Planeta 50-50?” – debateu como os Estados-membros, a sociedade civil, o setor privado e a ONU podem trabalhar juntos para conquistar a paridade entre homens e mulheres.

O evento teve a presença do embaixador Antonio Patriota, representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas. Em 2016, o país presidirá os trabalhos da 60ª Sessão da Comissão sobre a Situação das Mulheres, que terá início na próxima semana (14), estendendo-se até o final de março (24).

O segundo painel, “Impulso para a paridade”, avaliou os progressos realizados pelo Sistema das Nações Unidas para promover a igualdade de gênero, verificando os desafios existentes e as oportunidades de integração da perspectiva de gênero.

Mais cedo, a diretora executiva adjunta da ONU Mulheres, Lakshmi Puri, tocou o sino de abertura da Bolsa de Valores de Nova York. Eventos similares foram organizados em 34 países como parte dos esforços conjuntos de sensibilização da ONU Mulheres, junto ao Pacto Global, pelo empoderamento econômico feminino.

Em todo o mundo, a ONU Mulheres organizou eventos para celebrar o Dia Internacional da Mulher, com programação em mais de 40 nações. Atividades incluíram um festival com apresentações musicais ao vivo e dança, na Palestina, realizado nesta terça-feira; marchas, jogo de futebol e exposições na Albânia; e uma corrida pelos direitos das mulheres, em São Paulo, no dia 20 de março.

Confira aqui a programação completa.