Em comunicado, Secretário-Geral expressa preocupação com violência no Haiti

“O Secretário-Geral expressa sua preocupação com os atos de violência que tiveram lugar na sequência do anúncio dos resultados preliminares. Ele lembra a todos os candidatos que eles têm uma responsabilidade (…)”. Leia aqui.

Declaração do Porta-voz do Secretário-Geral sobre o Haiti:

“O Secretário-Geral toma nota de que os resultados preliminares das eleições presidenciais e legislativas, ocorridas em 28 de novembro no Haiti, foram anunciados. Ele está preocupado com alegações de fraude e está fortemente empenhado em apoiar eleições livres e justas que reflitam a vontade do povo haitiano.

Ele também observa que esses resultados não são definitivos e estão sujeitos às disposições previstas na lei eleitoral. Ele exorta todos os candidatos a esgotar os recursos formais e procedimentos legais, o que permitirá uma visão mais clara a emergir. Esta seria uma base sólida sobre a qual avançar.

O Secretário-Geral expressa sua preocupação com os atos de violência que tiveram lugar na sequência do anúncio dos resultados preliminares. Ele lembra a todos os candidatos que eles têm uma responsabilidade pessoal ao incentivar os seus apoiadores a permanecer calmos e parar a violência.

Uma solução pacífica para a situação atual é crucial não só para enfrentar a epidemia de cólera no curto prazo, mas também para criar as condições, a médio prazo, para a recuperação e desenvolvimento após o terremoto.

Nova York, 08 de dezembro de 2010”

(Para ler a declaração do Secretário-Geral em inglês e francês clique aqui.)