Em campanha da ONU, Kaká estimula fãs de futebol a se unirem contra fome

Uma das sensações do futebol brasileiro e o mais jovem Embaixador contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), o jogador Kaká, está convocando milhões de fãs do esporte mais popular do mundo a tomarem uma posição contra a fome e a desnutrição infantil na próxima Copa do Mundo, que será realizada na África do Sul no mês de junho.

Kaká foi uma das estrelas que ajudaram na campanha do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), "Preencha o copo", em fevereiro de 2008. Foto: WFP/Rein Skullerud.Uma das sensações do futebol brasileiro e o mais jovem Embaixador contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA ou WFP, na sigla em inglês), o jogador Kaká, está convocando milhões de fãs do esporte mais popular do mundo a tomarem uma posição contra a fome e a desnutrição infantil na próxima Copa do Mundo, que será realizada na África do Sul no mês de junho.

Em um novo anúncio de televisão, ele alerta os telespectadores sobre a situação de milhares de pessoas em todo o planeta, onde uma em cada seis pessoas sofre de fome crônica, sendo que muitas delas são crianças. Segurando um copo de plástico vermelho, Kaká encoraja seus jovens fãs a serem campeões, ajudando a derrotar a desnutrição infantil. O vídeo é parte da campanha “Preencha o copo”, destinada a alimentar cerca de 59 milhões de crianças que todo o dia vão a escola com fome, co-lançada – em parceria com o PMA – pelo próprio jogador em 2008, e brinca com um trocadilho com a expressão em inglês, “Fill the cup”, em referência à Copa do Mundo (“World cup”). Kaká estimula os jovens atletas a encherem os copos de estudantes que passam fome, aumentando suas chances de obterem saúde, educação e, como consequência, um futuro melhor.

Kaká se uniu ao Programa Mundial de Alimentos da ONU quando tinha apenas 24 anos, em 2007, mesmo ano em que foi nomeado melhor jogador do mundo pela FIFA, e ter recebido a principal premiação do futebol europeu. Ele dedicou a vitória da Liga dos Campeões de 2007 de seu time à época, o Milan, à causa do combate à desnutrição infantil. No ano seguinte, Kaká bateu novos recordes, marcando 10 gols na Liga dos Campeões e levando o clube ao seu sétimo título europeu. O brasileiro estrelou a primeira campanha do PMA no combate à desnutrição infantil em fevereiro de 2008. Atualmente, joga no espanhol Real Madrid e na Seleção Brasileira.

Participe da campanha clicando aqui.