Edital investirá R$380 mil em serviços sobre saúde sexual e reprodutiva na Bahia

O Fundo ELAS e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) anunciam na sexta-feira (2) o resultado do Edital ELA Decide, que vai apoiar ações de formação e informação em saúde sexual e reprodutiva na Bahia. O edital vai investir 378,3 mil reais na qualificação da demanda da população por serviços e informações sobre o tema.

Foram selecionados oito projetos que, com diferentes estratégias, vão atuar nos municípios de Itabuna, Itacaré, Lauro de Freitas, Palmeiras, Presidente Tancredo Neves, Rio Real, Santo Amaro, Salvador e Uruçuca, além de realizar ações na internet, alcançando outros territórios.

Informar e empoderar as mulheres e jovens para o exercício dos direitos sexuais e do planejamento da vida reprodutiva é fundamental para que elas tenham controle sobre seu presente e seu futuro, segundo o UNFPA. O edital ELA Decide avança nesse sentido, fortalecendo organizações da sociedade civil que atuam na área.

Informar e empoderar as mulheres e jovens para o exercício dos direitos sexuais e do planejamento da vida reprodutiva é fundamental para que elas tenham controle sobre seu presente e seu futuro. Foto: Flickr / Andrea Moroni (CC)

Informar e empoderar as mulheres e jovens para o exercício dos direitos sexuais e do planejamento da vida reprodutiva é fundamental para que elas tenham controle sobre seu presente e seu futuro. Foto: Flickr / Andrea Moroni (CC)

O Fundo ELAS e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) anunciam na sexta-feira (2) o resultado do Edital ELA Decide, que vai apoiar ações de formação e informação em saúde sexual e reprodutiva na Bahia. O edital vai investir 378,3 mil reais na qualificação da demanda da população por serviços e informações sobre o tema.

Foram selecionados oito projetos que, com diferentes estratégias, vão atuar nos municípios de Itabuna, Itacaré, Lauro de Freitas, Palmeiras, Presidente Tancredo Neves, Rio Real, Santo Amaro, Salvador e Uruçuca, além de realizar ações na internet, alcançando outros territórios.

Informar e empoderar as mulheres e jovens para o exercício dos direitos sexuais e do planejamento da vida reprodutiva é fundamental para que elas tenham controle sobre seu presente e seu futuro, segundo o UNFPA. O edital ELA Decide avança nesse sentido, fortalecendo organizações da sociedade civil que atuam na área.

Sobre as parceiras

O Fundo ELAS é o único fundo independente voltado exclusivamente para a promoção de direitos de mulheres no Brasil. Desde 2000, o ELAS apoiou mais de 460 projetos de grupos de mulheres em todas as regiões do país, por meio de 26 concursos de projetos. A missão é promover e fortalecer o protagonismo, a liderança e os direitos das mulheres, mobilizando e investindo recursos em iniciativas.

O UNFPA é a agência de desenvolvimento internacional da ONU especializada em demografia, juventude e saúde sexual e reprodutiva. Busca ampliar as possibilidades de mulheres e jovens levarem uma vida sexual e reprodutiva saudável, acelerar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planejamento familiar voluntário e a maternidade segura, e a busca da efetivação dos direitos e oportunidades para as pessoas jovens. O UNFPA trabalha para assegurar que todas as gestações sejam desejadas, todos os partos seguros e toda pessoa jovem alcance seu pleno potencial.

A Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos no Brasil é uma rede de organizações do setor privado e filantrópicas, liderada pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), com apoio da Embaixada dos Países Baixos e da Embaixada do Canadá, para a promoção da saúde e garantia dos direitos sexuais e reprodutivos no Brasil. Fazem parte da Aliança o Instituto Ethos, MSD e Semina – como entidades mantenedoras – e também as empresas Accor Hotels, Magazine Luíza, Movimento Mulher 360, Pantys, Reckitt Benckiser, Laboratório Sabin, SESC São Paulo e The Body Shop – como signatárias.

Confira abaixo os projetos selecionados e acompanhe novidades sobre o ELA Decide em fundosocialelas.org/eladecide.

Nome do projeto: Nossos Ventres
Nome da organização: Lunáticas
Local: Salvador/BA
Desenvolver atividades de formação e disseminação de informações, especialmente com relação à menstruação, gestação e saúde da mulher.

Nome do projeto: Mulheres de Si: Garantia dos Direitos Sexuais e Reprodutivos
Nome da organização: Organização Via Mulher
Local: Salvador/BA
Desenvolver um programa no Canal Cidadania de Salvador (Tv Kirimurê) e construir um espaço formativo de oficinas e seminários com grupos femininos de economia solidária.

Nome do projeto: Sim, nós podemos!
Nome da organização: Coletivo Crochetando Empoderando
Local: Itacaré/BA
Estimular melhorias das ações e políticas públicas para o acesso universal à saúde, bem como ampliar o acesso à informação para adolescentes e mulheres de Itacaré.

Nome do projeto: Matriarcalidade: O poder das Yabás e a força geradora da vida
Nome da organização: Associação Beneficente Cultural e de Preservação e Tradição Unzó Maiala
Local: Salvador/BA
Construir espaços de informação e discussão sobre o autocuidado, a saúde reprodutiva e os ciclos do corpo da mulher, contribuindo para a troca de saberes e experiências de mulheres negras da periferia de Salvador.

Nome do projeto: Mulherada, se Alevante!
Nome da organização: Alevante da Terra
Local: Palmeiras/BA
Compartilhar informação e conscientizar as mulheres sobre cuidados com o próprio corpo, funcionamento dos sistemas e ciclos internos, como evitar doenças, perceber desarmonias e como buscar apoio para curá-las, e também como identificar e atuar em situações de violência.

Nome do projeto: Caravana Lésbi Saúde
Nome da organização: LESBIBAHIA – Coletivo de Lésbicas e Mulheres Bissexuais da Bahia
Local: Salvador/BA
Interiorizar informações a partir de oficinas, rodas de conversa e grupos de trabalho em quatro municípios da Bahia (Santo Amaro, Lauro de Freitas, Itabuna e Rio Real), e construir coletivamente uma cartilha informativa de prevenção de DSTs para lésbicas e bissexuais.

Nome do projeto: Projeto Empoderar: A escolha é da garota
Nome da organização: Meninas e Mulheres Empoderadas
Local: Presidente Tancredo Neves/BA
Desenvolver ações de formação para adolescentes do município de Presidente Tancredo Neves por meio de oficinas, palestras e rodas de conversa.

Nome do projeto: Esse corpo que é meu!
Nome da organização: Coletivo Flores de Dan
Local: Salvador/BA
Reunir 10 influenciadoras digitais baianas para elaboração de materiais audiovisuais inovadores e criativos sobre saúde e direitos sexuais e reprodutivos, e difundi-los nas redes sociais das mesmas, que juntas somam mais de um milhão de seguidoras.


Comente

comentários