EBC e Banco Mundial promovem encontro internacional sobre mídias públicas na América Latina

IV Fórum Internacional de Mídias Públicas – Sustentabilidade, inclusão e a realidade latino-americana acontece em Brasília em 29 e 30 de agosto. O evento é aberto e gratuito. Necessário inscrição.

Arte: EBC

Arte: EBC

O papel das mídias públicas e os caminhos que se apresentam no futuro próximo serão debatidos no IV Fórum Internacional de Mídias Públicas – Sustentabilidade, inclusão e a nova realidade latino-americana, a ser realizado no Espaço Cultural da Empresa Brasileira de Comunicação do Brasil (EBC), em 29 e 30 de agosto, em Brasília.

O encontro tem como parceiros o Banco Mundial e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), e conta com o apoio institucional da Secretaria de Comunicação da Presidência da República e da agência de notícias Inter Press Service.

Participarão do evento mais de 30 especialistas de todo o continente. Entre eles, o diretor do Canal 7 da Argentina, Martín Bonavetti; a diretora da Once TV, México, Enriqueta Cabrera; o diretor da Telemedellín, Colômbia, Wladir Ochoa; a representante da Corporation for Public Broadcasting, dos Estados Unidos, Patrícia Alvarado; o secretário de Comunicações da Presidência de El Salvador, David Rivas.

Também Farão parte dos painéis a Diretora de Comunicação da Presidência do Conselho de Ministros do Peru, Blanca Rosales; e os especialistas em comunicação Luis Arroyo, da Espanha; Martín Becerra, da Argentina; Venício Lima e Murilo Ramos, da Universidade de Brasília.

Durante dois dias, serão discutidos os modelos de financiamento da televisão pública, a participação cidadã na gestão da mídia pública, os desafios da criação e compartilhamento de conteúdos regionais e as vantagens e desvantagens da regulamentação do setor.

Ainda como parte do programa, estão previstos os lançamentos de duas publicações. Fruto dos debates ocorridos nos três primeiros Fóruns, o livro Caixas Mágicas traz questões como a contribuição da mídia pública às sociedades, o seu espaço versus o das TVs privadas, a programação infantil de qualidade. A publicação teve o apoio do Banco Mundial, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Fundação Internacional de Administração e Políticas Públicas para a Iberoamérica.

Por outro lado, O livro Brasil 4D – Estudo de Impacto Socieconômico sobre a TV Digital Pública Interativa traz os resultados sobre o projeto de TV Digital interativa – realizado pela EBC com apoio do Fundo Espanhol do Banco Mundial – na cidade de João Pessoa, em 2012, com famílias de baixa renda. O estudo acompanhou a adesão das famílias aos conteúdos interativos de serviços públicos, como vagas de emprego, agendamento de consultas médicas e educação financeira.

Com edições já realizadas no Uruguai, Paraguai e El Salvador, o IV Fórum Internacional de Mídias Públicas tem como objetivo promover debates e o diálogo entre as principais emissoras de TV Pública da América Latina.

O encontro é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas por meio do endereço eletrônico cerimonial@cp.ebc.com.br.

Para acessar a programação, clique aqui.