Discussões sobre futuro da Líbia são consideradas ‘construtivas e realizadas em uma atmosfera positiva’ pela ONU

O encontro, organizado pela Missão das Nações Unidas de Apoio na Líbia (UNSMIL), refletiu um compromisso sincero dos participantes para chegar a um acordo. Uma agenda para acabar com a violência e alcançar um acordo político também foi estabelecida.

Dois dias de conversações políticas intensivas, lideradas pelas Nações Unidas, para encontrar meios para acabar com a crise política institucional na Líbia terminaram, nesta quinta-feira (15), com os envolvidos expressando seu compromisso inequívoco com uma Líbia unida e democrática governada pelo Estado de direito e respeito pelos direitos humanos.

O encontro, organizado pela Missão das Nações Unidas de Apoio na Líbia (UNSMIL) – que aconteceu no Palais des Nations, em Genebra – foi considerado “construtivo e realizado em uma atmosfera positiva, e refletiu um compromisso sincero dos participantes para chegar a um acordo”, disse a UNSMIL.

Os participantes concordaram em uma agenda que inclui alcançar um acordo político para formar um governo de unidade nacional consensual, e com medidas de segurança necessárias para acabar com o conflito e garantir a retirada gradual de grupos armados de todas as cidades da Líbia, a fim de permitir que o Estado retome sua autoridade sobre instalações vitais do país.